Novo protesto contra Temer ocorre no final da tarde desta sexta no Centro da Capital; por Bibiana Borba/Rádio Guaíba Manifestantes se reuniram no bairro da Cidade Baixa na noite dessa quinta-feira | Foto: Ananda Müller

Novo protesto contra Temer ocorre no final da tarde desta sexta no Centro da Capital; por Bibiana Borba/Rádio Guaíba

Manifestantes contrários ao governo interino de Michel Temer (PMDB) anunciam protesto para o final da tarde desta sexta-feira, no Centro de Porto Alegre. A concentração começa às 18h30, na Esquina Democrática, de onde devem partir em caminhada a partir do início da noite, sem trajeto definido. Além de rejeitar o afastamento da presidente eleita Dilma Rousseff (PT), o grupo contesta a represália da Brigada Militar durante a manifestação realizada na noite passada, no bairro Cidade Baixa.

Ao menos cinco bombas de gás lacrimogêneo foram usadas para dispersar a manifestação de cerca de 500 pessoas, enquanto caminhavam pelas ruas Lima e Silva, Loureiro da Silva e José do Patrocínio. A BM alegou a necessidade de desobstruir o trânsito de veículos na região, conforme protocolo de ação estabelecido recentemente pela Secretaria de Segurança Pública do Estado.

A manifestação, organizada pelo Levante Popular da Juventude, havia partido da frente da sede municipal do PMDB, na avenida João Pessoa, no final da tarde. A ideia, segundo organizadores, era promover uma encenação teatral ironizando a tomada do poder pelo PMDB sem eleições diretas.

Uma nota de repúdio à violência policial na Cidade Baixa foi divulgada pela Frente Brasil Popular, movimento que vinha organizando manifestações anteriores de apoio a Dilma Rousseff. O grupo anuncia nova mobilização em Porto Alegre também no sábado à tarde, no Parque da Redenção.

Cidade Direito Economia Notícias Poder Política Porto Alegre

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *