Operaçāo Zelotes: parte da investigação referente à RBS é enviada para o STF

Operaçāo Zelotes: parte da investigação referente à RBS é enviada para o STF

O surgimento do nome do deputado federal Afonso Motta, ex-vice presidente jurídico do Grupo RBS, fez com que a parte relativa ao conglomerado gaúcho de comunicação fosse enviada para o Supremo Tribunal Federal. Como Afonso Motta tem foro especial, caberá agora ao STF enviar o material para o Procurador-Geral da República, Rodrigo Janot. Ele ainda não tem data para começar a analisar esta parte do inquérito que investiga se a Rede Brasil Sul foi beneficiada pelo esquema de corrupção no CARF. Segundo a assessoria da PGR, Janot ainda nāo recebeu a documentação.

O restante da investigação envolvendo todas as outras empresas investigadas na Operação Zelotes seguirá sendo comandado pelo procurador Frederico Paiva, na Justiça Federal de Brasília. Caso haja investigação contra o Ministro do TCU Augusto Nardes, ela também será feita por Rodrigo Janot, porque Nardes tem foro privilegiado.

Notícias Política