Orquestra Jovem do Rio Grande do Sul encerra 2019 com concerto comemorativo Foto: Cláudio Etges/Divulgação

Orquestra Jovem do Rio Grande do Sul encerra 2019 com concerto comemorativo

Uma homenagem especial a Ezequiel de Paula, primeiro aluno da Orquestra Jovem do Rio Grande do Sul a se formar no bacharelado em música da Universidade Federal do Rio Grande, vai marcar o concerto de encerramento da OJRS em 2019, ano especial que marcou os 10 anos da Orquestra. A noite, que promete emoção e surpresas, será toda em clima natalino, e promete levar ao palco, em etapas, todos os integrantes da Orquestra. “Mais do que um concerto é uma noite de festa e celebração, para coroar um ano de muita luta e persistência”, argumenta Carla Zitto, presidente da OJRS. O concerto, gratuito mediante a retirada de senhas, acontece na segunda-feira, dia 16 de dezembro, a partir das 19h, no Teatro do Centro Histórico e Cultural da Santa Casa.

Ezequiel foi um dos primeiros alunos da OJRS, e faz parte da Instituição desde a segunda turma, em 2010. O então guri de 14 anos conheceu o maestro Telmo Jaconi após frequentar a oficina de musicalização da escola municipal Monte Cristo, em Porto Alegre – aliás local tradicional de formação de bons músicos iniciantes. Lá, teve os primeiros aprendizados em musicalização, e quando chegou à OJRS já tinha noções de violão, flauta doce e canto. Com o maestro conheceu o contrabaixo, instrumento que hoje domina. “Ezequiel é um dos exemplos mais bem-sucedidos em todos os sentidos”, comenta Jaconi. “Entrou na Ufrgs, fez todo o curso apesar das dificuldades que apareceram no caminho e agora se forma. Um modelo de perseverança e seriedade”, exclama, orgulhoso.

Hoje além da OJRS e do curso que finaliza na Ufrgs, Ezequiel é músico profissional, trabalhando em várias orquestras, grupos e eventos. E para o ano que vem também tem vaga de professor garantida para os alunos da Orquestra Jovem, lembra o maestro.

Ainda na comemoração da noite, todos os 110 alunos passam no palco e se apresentam em diferentes momentos, mostrando a evolução sinfônica do grupo. Com destaque para a peça de encerramento da 5a Sinfonia de Beethoven – o grande homenageado do ano de 2020, data que marca os 250 anos do nascimento do compositor.

Com certeza será uma noite inesquecível.

O QUÊ: Concerto de encerramento do ano da OJRS

QUANDO: Segunda, dia 16, às 19h

ONDE: teatro do Centro Histórico e Cultural da Santa Casa

QUANTO: entrada franca mediante distribuição de ingressos na bilheteria.

Comunicação Cultura Notícias