Ospa traz clarinetista francês a Porto Alegre Patrick Messina, clarinete principal da Orquestra Nacional da França, se apresenta com a orquestra em sua Casa da Música. O concerto, que encerra o I Festival Internacional de Clarinetistas de Porto Alegre, é no sábado, 10 de novembro, às 17h.

Ospa traz clarinetista francês a Porto Alegre

Reconhecido pela crítica especializada como um dos mais destacados clarinetistas da atualidade, o francês Patrick Messina realiza a sua estreia na Capital gaúcha no próximo concerto da Orquestra Sinfônica de Porto Alegre (Ospa). No sábado, dia 10 de novembro, às 17h, ele se apresenta como solista convidado na exibição da sinfônica que integra a Série Pablo Komlós. O evento, que marca o encerramento do I Festival Internacional de Clarinetistas de Porto Alegre, conta também com solos dos instrumentistas Márcio Pereira e Cristiano Alves. No programa, obras de Heitor Villa-Lobos, Bechara El-Khoury, Ottorino Respighi e Amilcare Ponchielli. O maestro Manfredo Schmiedt conduz os instrumentistas. Os ingressos custam de R$ 30 a 80 reais e estão à venda no site www.ospa.ogr.br ou na bilheteria do local, no dia do evento.

A noite inicia com “Bachianas Brasileira No. 2” de Heitor Villa-Lobos (1887-1959). Ícone da música de concerto brasileira, o compositor soube como poucos explorar a temática da identidade nacional, aspecto que se pode observar com clareza no conjunto de suas nove Bachianas. Na sequência, o solista Patrick Messina sobe ao palco para executar a peça de destaque da noite: “Concerto pour clarinete et orchestre Op. 78, Autumn Pictures”, do libanês Bechara El-Khoury (1957-). A obra, composta em 2010, apresenta sonoridades minimalistas e evoca as impressões e memórias do compositor sobre Beirut, capital do Líbano. Messina é clarinetista principal da Orquestra Nacional da França e tem se apresentado regularmente ao lado de orquestras como a Sinfônica de Chicago e a Royal Concertgebauw. Em Porto Alegre, além do concerto com a Ospa, o instrumentista participa da programação do I Festival Internacional de Clarinetistas de Porto Alegre, promovido pela Escola de Música da Ospa.

Os solistas Márcio Pereira e Cristiano Alves, também convidados do Festival, dão continuidade ao concerto com a execução de uma peça emblemática do repertório para clarinete: “Il Convegno, Op.76 – Divertimento para dois clarinetes” de Amilcare Ponchielli (1834-1886). A obra, composta em 1853, já foi adaptada para diversas formações diferentes, mas sempre destaca a virtuosidade do instrumento solista. Por fim, a Ospa interpreta a grandiosa “Pini di Roma” de Ottorino Respighi (1879-1936). O poema sinfônico descreve, através de sua exuberância orquestral e beleza tímbrica, as impressões do compositor sobre a cidade de Roma, suas fontes e paisagens.

Manfredo Schmiedt, que conduz a sinfônica na ocasião, é regente e diretor artístico da Orquestra Sinfônica da Universidade de Caxias do Sul (OSUCS) e regente do Coro Sinfônico da Ospa. Como regente convidado, tem atuado à frente das orquestras sinfônicas do SODRE, Provincial de Rosário, da Universidade Nacional de San Juan, Municipal de Campinas, da Radio e Televisão, Sinfônica Albany e Petrobrás Sinfônica; das filarmônicas de São Caetano do Sul, do Espírito Santo, de Belgrado e de Mendoza; além das orquestras da USP, de Câmara da Ulbra, de Câmara do Theatro São Pedro e de Câmara SESI-Fundarte.

Mais informações pelo site www.ospa.org.br ou pelo telefone (51) 32227387.
Concerto da Ospa – Série Pablo Komlós
Quando: 10 de novembro, sábado
Horário: 17h
Local: Sala de Concertos da Casa da Música da Ospa (Centro Administrativo Fernando Ferrari – Av. Borges de Medeiros, nº 1501/Centro, Porto Alegre-RS)

INGRESSOS
VENDA ONLINE
Em www.ospa.org.br

Comunicação Destaque Notícias