Pela primeira vez após decreto, equipe usa avião da FAB para captação de órgãos no RS Aeronave permitiu busca de pulmões para transplantes em Florianópolis. Foto: FAB

Pela primeira vez após decreto, equipe usa avião da FAB para captação de órgãos no RS

A Central de Transplantes da Secretaria Estadual da Saúde revelou hoje ter executado, nessa sexta-feira, três transportes aéreos de equipes para transplantes, um deles usando um avião da Forca Aérea Brasileira (FAB). Foi a primeira equipe do Rio Grande do Sul a fazer uso de um avião federal após o decreto da presidência da República publicado em 6 de junho.

A equipe gaúcha viajou na aeronave das Forças Armadas para Florianópolis, em Santa Catarina. Já o avião do governador transportou outra equipe para Pelotas, enquanto a terceira aeronave foi deslocada para Santa Maria.

Apesar das dificuldades em função do nevoeiro, a operação teve êxito. Na capital catarinense, foram captados pulmões para transplantes. Em Pelotas e Santa Maria, ocorreram doações de rins e fígado.

O decreto presidencial estabelece a disponibilidade de aviões da FAB para transporte de órgãos, tecidos e partes do corpo humano para transplante em todo o território nacional.

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) também auxiliou nas missões. (Rádio Guaíba)

Comportamento Direito Notícias Poder Política Saúde

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *