Planejar outro candidato a não ser Lula enfraqueceria o PT, diz Dilma em Londres; por Maria Luisa Cavalcanti, correspondente da RFI em Londres

Planejar outro candidato a não ser Lula enfraqueceria o PT, diz Dilma em Londres; por Maria Luisa Cavalcanti, correspondente da RFI em Londres

A ex-presidente Dilma Rousseff negou que o PT planeje retirar o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva da corrida presidencial. Em discurso feito na London School of Economics, na capital britânica, como parte de um ciclo de debates sobre o Brasil, Dilma afirmou que o partido não deve oferecer outro candidato para substituir Lula, que está preso.

“Lula representa uma possibilidade concreta de derrotar o golpe. Se ele não tivesse essa possibilidade, não estaria na cadeia”, explicou. “Nós [do PT] não vamos fazer o papel de condená-lo e oferecer outro candidato. Se fizermos esse papel, perdemos a narrativa e perdemos o futuro. Debater essa questão do plano B seria nos enfraquecer.”

Leia mais em RFI

Agenda Cidade Comportamento Comunicação Cultura Destaque dilma Direito Economia Eleições 2018 Lula Mundo Negócios Notícias Poder Publicidade Turismo