Polícia do Rio prende membro do COI por cambismo; por Jamil Chade e Constança Rezende/ O Estado de S. Paulo

Polícia do Rio prende membro do COI por cambismo; por Jamil Chade e Constança Rezende/ O Estado de S. Paulo

A polícia do Rio prendeu na manhã desta quarta-feira Pat Hickey, membro do Comitê Olímpico Internacional (COI). Ele é acusado de envolvimento na venda de ingressos para os Jogos Olímpicos. A prisão ocorreu no hotel usado pela entidade, na Barra da Tijuca. O dirigente também preside o Comitê Olímpico da Irlanda.

O Estado havia revelado semana passada que cambistas presos no Rio de Janeiro foram abastecidos por ingressos fornecidos pela “família olímpica” e atuavam para uma empresa com ligações com membros do COI. No total, cerca de 40 cambistas foram detidos em três dias no Rio, com grupos repetindo o esquema que ocorreu na Copa do Mundo de 2014.

Um dos presos pela Polícia Civil do Rio na última sexta-feira foi o irlandês Kevin James Mallon acusado de envolvimento com uma quadrilha internacional de cambistas. Detido em flagrante, ele era um dos diretores da empresa inglesa THG que, em 2014, teve seu CEO, James Sinton, detido por integrar a máfia dos ingressos da Copa do Mundo. A reportagem completa de Jamil Chade e Constança Rezende, está em O Estado de S. Paulo

Destaque Esporte Olimpíada