Pompeo de Mattos contraria posição do PDT e votará pelo impeachment Deputado Federal Pompeo de Mattos (PDT-RS)

Pompeo de Mattos contraria posição do PDT e votará pelo impeachment

Às vésperas de votar na Câmara dos Deputados o processo de impeachment da presidente da República, Dilma Roussef, o debate e negociações para conquista de votos entre pró e contras se acirra cada vez mais. Domingo, 17, o plenário da Câmara vai votar se aprova ou não o afastamento de Dilma Roussef. Se for aprovado, o processo passa para avaliação do Senado Federal.

12985536_1075883139125075_1596953260219078786_n
Página do PDT no Facebook.

Uma das polêmica envolve o PDT. A executiva nacional do partido decidiu orientar os deputados da sigla a votar contra o impeachment. O deputado federal, Darci Pompeo de Mattos, presidente do PDT no Rio Grande do Sul, em entrevista nesta manhã, 14, na Progresso, adiantou que vai contrariar a decisão nacional e votar a favor da saída de Dilma do governo. No entanto, ele espera que até domingo possa ter alguma reviravolta na posição nacional do PDT. Em comunicado nas redes sociais, o PDT anunciou que já abriu processo contra Giovani Cherini, que anunciou posição favorável ao impeachment e o fará contra todos parlamentares que não seguirem a orientação partidária.

Pompeo de Mattos defende que as chamadas pedaladas fiscais cometidas pela presidente da República, ou seja, problemas no encaminhamento do orçamento federal, não são crimes. No entanto o parlamentar entende que existe crise econômica e política muito grave. Pompeo acrescentou que dos 20 deputados federais do PDT, pelo menos 14 são contra o impeachment. Ele vai votar a favor do afastamento da presidente, nem que isso custe a expulsão do partido. O parlamentar disse que o ideal é que a bancada pedetista seja liberada para votar conforme os critérios de cada um. (Rádio Progresso/Ijuí)

Notícias Poder Política

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *