Porto Alegre: Campanha de imunização contra a gripe termina na sexta-feira Porto Alegre contabiliza um total de 401.213 doses aplicadas da vacina. Foto: Robson da Silveira/ PMPA

Porto Alegre: Campanha de imunização contra a gripe termina na sexta-feira

Entrando na última semana da campanha nacional de vacinação contra influenza (gripe), Porto Alegre contabiliza um total de 401.213 doses da vacina aplicadas. Se contados apenas os grupos prioritários, a soma é de 393.868 doses, o que corresponde a 64,8% da meta estabelecida pelo Ministério da Saúde alcançada, que é de 90% de cada grupo-alvo (confira os números no quadro abaixo). O levantamento foi realizado às 9h desta segunda-feira, 27. A campanha de vacinação está prevista para ser encerrada em todo o país na próxima sexta-feira, 31.

Puérperas, indígenas e professores superaram os 90% de imunização. Os grupos com menores percentuais são crianças (57,5%), pessoas com doenças crônicas (50,6%) e gestantes (49,5%).

O número dos grupos inclui as vacinas feitas em crianças de seis meses a menos de seis anos, gestantes, puérperas, trabalhadores da saúde, indígenas, idosos, professores e pessoas com doenças crônicas. Além desses, que compõem o cálculo da meta, também recebem a vacina pessoas privadas de liberdade, funcionários do sistema prisional e funcionários da segurança pública e forças armadas. Nesses públicos, o número de doses alcança 7.345.

Grupos, público estimado, doses e coberturas alcançadas até a manhã desta segunda-feira, 27:
Crianças – 90.391 público / 51.966 doses / 57,5% cobertura
Gestantes – 13.976 / 6.924 / 49,5%
Puérperas – 2.297 / 2.073 / 90,2%
Trabalhadores da saúde – 82.464 / 53.956 / 65,4%
Indígenas – 595 / 789 / 132,6%
Idosos – 213.003 / 169.528 / 78,6%
Professores – 11.870 / 11.200 / 94,3%
Pessoas com doenças crônicas – 192.446 / 94.432 / 50,6%
Total estimado nos grupos: 607.042 pessoas.
Total de doses nos grupos – 393.868 – 64,8% da meta

Outras doses aplicadas:
Apenados – 2.727
Funcionários sistema prisional – 1.494
Policiais e afins – 3.124
Total – 7.345

Total de doses aplicadas em Porto Alegre, de acordo com registros do Sistema de Informações do Programa Nacional de Imunizações: 401.213.

O diretor da Vigilância em Saúde Municipal, Anderson de Lima, enfatiza a importância da imunização. “A vacina diminui o risco de complicações que podem levar à hospitalização e até mesmo à morte”. Não há óbitos registrados em 2019 em Porto Alegre decorrentes de influenza. “No entanto, no Rio Grande do Sul, três pessoas perderam a vida em função da doença, as três integrantes de grupos de risco: uma criança e duas pessoas com mais de 60 anos que tinham comorbidades”, destaca.

Para garantir proteção ao organismo, a vacina precisa de um período mínimo de 15 dias a partir da aplicação. “Quanto mais cedo a pessoa for imunizada, mais cedo a proteção será garantida”, explica o gestor.

Comunicação Destaque Notícias