Porto Alegre: Cidade Bem Tratada discutirá os desafios para Implantar a Política Nacional de Resíduos Sólidos Walter Lídio Nunes, presidente da Celulose Riograndense, falará sobre autossuficiência energética: reaproveitamento de 99,7% dos resíduos do processo produtivo

Porto Alegre: Cidade Bem Tratada discutirá os desafios para Implantar a Política Nacional de Resíduos Sólidos

A Política Nacional de Resíduos Sólidos – PNRS (Lei 12.305/10) tramitou no Congresso Nacional por 21 anos e entrou em vigor em 2010. No entanto, muito pouco foi feito até agora. O assunto voltará a ser discutido na 6ª edição do Seminário Cidade Bem Tratada, que ocorre nos dias 19 e 20 de junho, no Teatro Dante Barone da Assembleia Legislativa, em Porto Alegre. Nestes dois dias, Ministério Público, União, Estado, municípios, empresas e sociedade terão a oportunidade de buscar soluções para que a Lei seja cumprida na prática. Também será o momento para conhecer projetos ambientais bem sucedidos.

Assim como na edição anterior, o evento irá debater quatro temas: gestão de resíduos sólidos, drenagem, tratamento e aproveitamento de efluentes e energias alternativas.

Para o idealizador e coordenador do seminário, o advogado, consultor e professor de Direito Ambiental, Beto Moesch, a expectativa é de que o encontro possa promover informações, discussões, reflexões e alternativas que garantam a expansão de práticas sustentáveis no País. “A expectativa com a PNRS era muito maior e pouco se fez. Não há motivo para não avançar”, afirma Moesch, lembrando que a economia brasileira decresceu, mas a geração de resíduos continua aumentando. “Isso é a antítese da PNRS”, observa.

 

SERVIÇO

O QUE: 6º Seminário Cidade Bem Tratada

QUANDO: 19 e 20 de junho de 2017

ONDE: Teatro Dante Barone da Assembleia Legislativa – Porto Alegre

SITE: WWW.CIDADEBEMTRATADA.COM.BR

FACEBOOK: https://www.facebook.com/CidadeBemTratada/

 

PROGRAMAÇÃO PRELIMINAR

19 de junho – segunda-feira

13h30min: Cerimônia de Abertura com autoridades

14h: Painel 1: Panorama e perspectivas da implantação da Política Nacional de Resíduos Sólidos

Painelistas:

Ana Paula Bernardes, Gerente de Projetos de Embalagem da Abividro (Associação Técnica Brasileira das Indústrias Automáticas de Vidro)

Representante do Ministério das Cidades

Daniel Martini, Promotor de Justiça, coordenador do Centro de Apoio Operacional de Defesa do Meio Ambiente do RS

15h30min: Debates

16h15min: Intervalo

16h30min: Apresentação de case

17h: Painel 2: Consequências da má gestão dos resíduos sólidos

Painelistas:

    Mário Soares, engenheiro químico da Fundação Estadual de Proteção Ambiental / FEPAM

Odilon Amado Jr., Diretor Regional Sul da Assoc. Brasileira de Empresas Tratamento de Resíduos/ABETRE

Walter Plácido, consultor em resíduos sólidos – RJ

18h30min: Debate

19h15min: Encerramento dos debates

19h30min: “A última gota”, peça estrelada pelo Grupo de Teatro Caixa de Pandora, da APCEF

 

20 de junho – terça-feira

9h: Painel 3: Tratamento e aproveitamento de efluentes – a situação das águas no Brasil

Painelistas:

Representante do Departamento de Recursos Hídricos do RS

    Malu Ribeiro, coordenadora da Rede das Águas da Fundação SOS Mata Atlântica

    Eduardo Viegas, Promotor de Justiça

Representante do Ministério das Cidades

11h: Intervalo

11h15min: Debate

12h: Case

12h30min: Almoço

14h: Case: Autossuficiência energética: reaproveitamento de 99,7% dos resíduos do processo produtivo – Walter Lídio Nunes, presidente da Celulose Riograndense

14h30min: Painel 4: Energias Alternativas

Painelistas:

    Odorico Konrad, coordenador do Parque Científico e Tecnológico da Univates

Representante da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis – ANP

    Mauro Passos, Diretor Presidente do Instituto para o Desenvolvimento de Energias Alternativas na América Latina/IDEAL

16h: Debate

16h45min: Intervalo

17h: Cases

 

Destaque Economia Tecnologia