Porto Alegre: EPTC passa a multar com câmeras, em novembro, motoristas que invadirem corredores de ônibus Aplicação da multa ocorre, de início, em corredores de ônibus. Foto: Foto: Betina Carcuchinski/PMPA

Porto Alegre: EPTC passa a multar com câmeras, em novembro, motoristas que invadirem corredores de ônibus

Até o fim de novembro, motoristas que trafegarem em corredores exclusivos para ônibus em Porto Alegre serão multados através de videomonitoramento. A Empresa Pública de Transporte e Circulação (EPTC) vai começar a aplicar as multas como um passo inicial do projeto que, a longo prazo, visa punir, através das câmeras, motoristas que cometerem outras infrações.

As multas serão aplicadas a condutores que invadirem as faixas exclusivas de ônibus em trechos das avenidas Brasil, Protásio Alves, Osvaldo Aranha, Borges de Medeiros, Praia de Belas e Cavalhada. Antes disso, a EPTC prevê duas semanas de educação e conscientização.

Agentes farão o acompanhamento das ruas da cidade através da Central de Monitoramento da EPTC. As câmeras já estão em vias de Porto Alegre – o que falta, agora, é a sinalização, com placas e pintura, indicando que motoristas estão sendo monitorados no local. Hoje, são 115 câmeras na Capital, mas, por enquanto, apenas parte delas vai ser usada.

Para motoristas que utilizarem faixas exclusivas de ônibus à esquerda, a infração é considerada grave, de cinco pontos, e multa de R$ 127,69. Para faixas à direita, a infração é leve, de três pontos e multa de R$ 53,20. (Bibiana Dihl | Rádio Guaíba)

Cidade Destaque Direito Educação Poder Política Porto Alegre Segurança Tecnologia