Porto Alegre: Marchezan defende a revisão automática do IPTU Foto: CMPA

Porto Alegre: Marchezan defende a revisão automática do IPTU

Com a aprovação do projeto que cria a Previdência Complementar dos servidores de Porto Alegre, volta a entrar na pauta de votação da Câmara Municipal a proposta que altera a planta de valores do Imposto sobre propriedade Predial e Territorial Urbana (IPTU). O projeto é um dos priorizados pelo Executivo para apreciação antes do início da campanha eleitoral, que terá mais de 20 dos 36 vereadores da Capital concorrendo – o que pode ser um empecilho para a aprovação da matéria devido ao desgaste que a elevação de tributos costuma provocar. Diante da resistência que tem enfrentado na Câmara, o prefeito Nelson Marchezan Júnior (PSDB) tem afirmado que a matéria poderia passar de forma simplificada pelo Legislativo e apela para “compreensão dos nossos senadores e deputados federais” para a votação de estruturas fixas, como entende ser o caso do IPTU.

Leia mais em Jornal do Comércio

Comunicação Destaque Notícias