Porto Alegre: Postos funcionam sem médicos em Porto Alegre Posto Osmar Freitas, no bairro Santa Tereza, é um dos que estão sem médico

Porto Alegre: Postos funcionam sem médicos em Porto Alegre

A saída de 630 médicos cubanos do Rio Grande do Sul deixou alguns postos de saúde desfalcados em Porto Alegre. Na Capital, 14 profissionais da ilha estavam alocados em 13 Unidades de Saúde (um deles já estava em processo de desligamento antes da decisão de Cuba de deixar o programa Mais Médicos). Dessas 13 unidades, cinco estão funcionando sem oferecer atendimento médico, e tampouco há previsão de data para que um profissional assuma a função. A Secretaria Municipal de Saúde (SMS) informou que as 13 unidades de saúde que perderam médicos cubanos estavam funcionando com profissionais deslocados de outras equipes. No entanto, a reportagem do Jornal do Comércio entrou em contato com os 13 postos e constatou que, nas unidades Wenceslau Fontoura (bairro Mario Quintana), Cidade de Deus (bairro Cavalhada), Mato Grosso (bairro Teresópolis), Osmar Freitas (bairro Santa Tereza) e Jenor Jarros (bairro Rubem Berta), não havia médico disponível.

Leia mais no Jornal do Comércio

Comunicação Destaque Notícias