Porto Alegre: SINDIHOSPA divulga nota apoiando operação contra  clínica geriátrica clandestina Operação integrada fechou casa geriátrica clandestina na Zona Sul. Foto: SMSEG/PMPA

Porto Alegre: SINDIHOSPA divulga nota apoiando operação contra clínica geriátrica clandestina

O SINDIHOSPA divulgou nesta quinta-feira uma nota oficial elogiando a operação integrada, realizada por membros da Polícia Civil e dos órgãos de fiscalização e assistência social da Prefeitura de Porto Alegre nesta quarta-feira, 9, que fechou um estabelecimento clandestino que funcionava como casa geriátrica na Zona Sul da Capital. No local, estavam cerca de 18 residentes, a maioria deles idosos. Um homem de 26 anos, identificado como um dos proprietários, foi detido.

 

Leia a íntegra da nota do SINDHOSPA:
O Sindicato dos Hospitais e Clínicas de Porto Alegre (SINDIHOSPA) vem manifestar apoio à operação deflagrada nesta quarta-feira (9), pela Polícia Civil, em conjunto com as secretarias municipais da Segurança e Saúde, com coordenação da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social e Esporte. Na ação, foi fechada uma clínica geriátrica clandestina, que abrigava 18 pessoas em condições insalubres e de grande prejuízo à saúde dos idosos.

O cuidado com a vida humana e a qualidade dos serviços são compromissos inabaláveis dos bons residenciais geriátricos. São espaços que oferecem bem-estar e conforto, com melhor alimentação, segurança na locomoção e na administração de medicamentos. Também dispõem de infraestrutura totalmente adaptada e equipes multidisciplinares para as diversas necessidades. Cumprem um papel de grande valor social, numa relação de confiança e respeito com os idosos e seus familiares.

Há dez anos, o SINDIHOSPA conta com o Núcleo de Residenciais Geriátricos (Moderna Idade), que reúne 17 organizações e trabalha continuamente para qualificar o atendimento. Atua em colaboração com a sociedade e o Poder Público pela conscientização e na construção de políticas em benefício dos idosos. Neste sentido, promoveremos no dia 28 de outubro, na OAB/RS, o seminário “ILPIs – Desafios e tendências para os novos tipos de moradia para idosos”, em parceria com a Comissão Especial dos Direitos da Pessoa Idosa da entidade.

Com a participação do Ministério Público e apoio de diversas organizações, o evento será também oportunidade para discutirmos a ausência de políticas públicas voltadas aos idosos e as dificuldades da fiscalização, que contribuem para a proliferação de clínicas geriátricas irregulares. Recentemente, o Núcleo produziu um material informativo com orientações para a escolha de um residencial adequado. O conteúdo, distribuído regularmente à população, está disponível em www.modernaidade.com.br.

Seguiremos com esse trabalho, qualificando permanentemente os serviços dos nossos associados e apoiando todas as iniciativas que visam combater as más práticas no setor.

Destaque Saúde Trabalho