Porto Alegre: Vereador do Novo promete economizar mais de R$ 600 mil em mandato na Capital Felipe Camozzato, do Novo, quer gastar R$ 2 mil dos R$ 15 mil destinados para verbas indenizatórias

Porto Alegre: Vereador do Novo promete economizar mais de R$ 600 mil em mandato na Capital

O vereador, Felipe Camozzato, do Partido Novo, ao tomar posse como parlamentar na Câmara da Capital, garantiu que pretende abrir mão de quase 90% da verba indenizatória de seu gabinete. São liberados R$ 15 mil para gastos mensais com contas de telefones celular, correspondência e combustível, por exemplo. Deste total, Camozzato quer usar somente R$ 2 mil, tendo como meta fazer uma economia superior a meio milhão de reais ao longo dos próximos quatro anos de mandato.

A medida faz parte de um alinhamento com os discursos de campanha feito pelos candidatos da legenda. Segundo Camozzato, a medida é baseada em resoluções prévias do Partido Novo. “Todos nossos candidatos deram esta garantia e ela vai acontecer. Foi estabelecido um teto e dos R$ 15 mil mensais de verbas indenizatórias do gabinete não serão gastos mais do que R$ 2 mil. Com isso, projetado uma média de R$ 500 mil em quatro anos. Diante de um cenário de dificuldades econômicas o poder público deve dar o exemplo”, concluiu. O número preciso, baseado no total da verba indenizatória em quatro anos, atinge a soma de R$ 624 mil.

Tanto o partido, quanto o vereador estreiam na Câmara Municipal nesta Legislatura. (Voltaire Porto/Rádio Guaíba)

 

Agenda Cidade Destaque Economia Eleições 2016 Poder Política Porto Alegre