Prefeitura estende campanha contra a gripe a toda a população da Capital, a partir desta terça. Medida fica em vigor enquanto as doses durarem Medida fica em vigor enquanto as doses durarem. Foto: Patrícia Coelho / PMPA

Prefeitura estende campanha contra a gripe a toda a população da Capital, a partir desta terça. Medida fica em vigor enquanto as doses durarem

A Secretaria Municipal de Saúde (SMS) decidiu estender a vacinação contra a gripe, a toda a população, em Porto Alegre. A partir das 8h desta terça-feira, cerca de 100 unidades de saúde estarão aptas a fornecer as doses remanescentes da campanha.

Conforme elas forem acabando em cada unidade, não serão mais repostas pela Pasta. Os integrantes dos grupos prioritários também seguirão sendo atendidos e, no caso específico das gestantes – único público para o qual a meta não foi atingida -, a rede municipal disponibiliza o Centro de Referência de Imunobiológicos Especiais, que funciona no Hospital Materno Infantil Presidente Vargas (HMIPV). O setor, junto à avenida Independência, 661, fornece a vacina para esse grupo específico mesmo após o final da campanha.

De acordo com dados do Sistema de Informações do Programa Nacional de Imunizações (SIPNI) até 10h50min de hoje, um total de 365.304 pessoas que compõem os grupos prioritários foram imunizadas contra a influenza (gripe) na Capital, em um percentual que atinge 96%. O índice da Capital superou o nacional e o gaúcho: no Brasil, a imunização dos grupos prioritários atingiu 91,01% da meta e, no Rio Grande do Sul, 91,06%.

A meta contabiliza os grupos prioritários: crianças, trabalhadores em saúde, gestantes, puérperas, indígenas e idosos. Considerando as pessoas com comorbidades e outros grupos, um total de 569.101 pessoas foram vacinadas em Porto Alegre. Em relação aos grupos prioritários, apenas o grupo das gestantes não teve a meta alcançada, ficando com 73,08%. Todos os demais atingem índices superiores a 95%.

 

Em relação aos grupos prioritários, os números absolutos e o percentual em relação à meta são os seguintes:

Crianças: 71.848 doses – população estimada (considerando doses aplicadas em 2015): 75.328 – Percentual alcançado: 95,38%

Trabalhadores de Saúde: 79.802 doses – população estimada (considerando doses aplicadas em 2015): 74.924 – Percentual alcançado: 106,51%

Gestantes: 10.517 doses – população estimada (considerando doses aplicadas em 2015): 14.391 – Percentual alcançado: 73,08%

Puérperas: 2.801 doses – população estimada (considerando doses aplicadas em 2015): 2.366 – Percentual alcançado: 118,39%

Indígenas: 522 doses – população estimada (considerando doses aplicadas em 2015): 507 – Percentual alcançado: 102,96%

Idosos: 203.797 doses -população estimada (considerando doses aplicadas em 2015): 213.003 – Percentual alcançado: 95,68%

Total: 365.304 pessoas – 96% da população-alvo de 380.519 pessoas.

 

Outros grupos vacinados que não fazem parte da meta do Ministério da Saúde:

– pessoas com comorbidades: 187.846 doses aplicadas;

– pessoas de grupos sem comorbidades, de profissões consideradas prioritárias, como militares e professores: 15.955.

Com esses dois grupos, no total, 569.101 pessoas foram imunizadas em Porto Alegre.

Agenda Cidade Comportamento Crianças Direito Notícias Poder Política Porto Alegre prefeitura Saúde

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *