Presidente da União Estadual de Estudantes admite desviar recursos para gasto pessoal; por Henrique Jasper/Band RS Fábio afirma que precisa das ajudas de custo para se manter. Foto:Divulgação/ Câmara dos Vereadores de Porto Alegre

Presidente da União Estadual de Estudantes admite desviar recursos para gasto pessoal; por Henrique Jasper/Band RS

O presidente da União Estadual dos Estudantes é suspeito de desviar mais de R$ 100 mil da instituição para gastos pessoais. Os valores desviados provém da emissão da carteira nacional de estudante, do cartão TRI e da Meia Entrada. Segundo documentos levantados pela tesoureira da entidade Silvia Almeida, Fábio Vieira Kucera, presidente desde 2013, pedia repasses semanais sob pretexto de ajuda de custo. De acordo com o material apresentado pela tesoureira, os desvios são realizados desde 2016.

O estatuto da União afirma que a atividade é não remunerada. Fábio afirmou à reportagem que os pagamentos são feitos para cobrir despesas com viagens em que ele representa a União Estadual dos Estudantes. Porém, em algumas conversas por WhatsApp entre Silvia e Fábio, o presidente pede que a tesoureira deposite valores em contas de um pintor e uma faxineira, que teriam prestado serviço pra ele, além da proprietária do apartamento onde ele mora. A reportagem completa e os áudios estão no site da Band.

Cidade Destaque Poder Política Porto Alegre