RS: Cairoli fala sobre pedido de auxílio ao Exército para enfrentar crise na Segurança

RS: Cairoli fala sobre pedido de auxílio ao Exército para enfrentar crise na Segurança

 

 

Conversei com o vice-governador José Paulo Cairoli sobre o encontro dele nesta terça-feira, com o Comando Militar do Sul, em busca de auxílio para a crise de segurança que o Rio Grande do Sul enfrenta. O Comando é responsável pelo contingente do Exército em toda a região Sul do Brasil (Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Paraná).

Conforme a assessoria do governo, o encontro serviu para Cairoli expôr as dificuldades. O oficial que o recebeu garantiu que o assunto vai ser levado adiante. O comandante militar do Sul, general de Exército Edson Leal Pujol, não participou da reunião por estar em viagem pela Argentina.

Desde as 6h desta terça-feira, 136 soldados da Força Nacional de Segurança, cedidos pelo governo federal, passaram a integrar o efetivo da Brigada Militar em função da sequência de crimes com repercussão ocorridos em Porto Alegre. O efetivo vai atuar em áreas de maior incidência de delitos e por tempo indeterminado. Custeada pelo Ministério da Justiça, a Força Nacional se une a 160 soldados da BM que já compõem a Operação Avante, empregada em ações de patrulhamento, barreiras móveis e abordagens.

Também por tempo indeterminado, Cairoli mantém o comando interino da Secretaria da Segurança Pública até que se defina o nome do sucessor de Wantuir Jacini – que pediu exoneração na quinta-feira passada. (Felipe Vieira com informações de Camila Diesel/Rádio Guaíba)

Destaque Direito Poder Política Porto Alegre Segurança