SINAPRO-RS reúne líderes e gestores de agências de propaganda no 1º GP de Mercado 2ª foto: Os palestrantes Saulo Ribas (ATIVA Medicina), Andressa Selistre (SODEXO), Maurício Dias (SODEXO), o presidente do SINAPRO-RS, Fernando Silveira, e o palestrante Luciano Benetti (Benetti Advogados Associados).

SINAPRO-RS reúne líderes e gestores de agências de propaganda no 1º GP de Mercado

 

O Sindicato das Agências de Publicidade e Propaganda no Estado do Rio Grande do Sul (SINAPRO-RS) realizou o 1º GP de Mercado, com foco em gestão de pessoas. Cerca de 20 representantes de agências de todo o estado compareceram ao evento, em uma tarde de muito aprendizado e troca de conhecimentos. “A participação foi acima do esperado. A ideia era ter um entendimento de problemas e troca soluções entre as agências, criando um mercado mais unido e focado em qualificar as equipes”, disse o presidente da entidade, Fernando Silveira.

A diretora comercial da Sodexo, Andressa Selistre, abriu o evento falando sobre o Programa de Alimentação do Trabalhador. Entre os tópicos debatidos, ela explicou o objetivo e as vantagens de aderir ao PAT. “Além de gerar maior produtividade do trabalhador com uma alimentação saudável e regulamentada, o governo ainda dá incentivos fiscais para quem se cadastra no programa, como a isenção do FGTS, INSS e o incentivo de 4% no imposto de renda”. 

O assunto Medicina do Trabalho também foi pauta do GP. “Toda empresa, a partir de um funcionário efetivo, precisa se adequar as normas, que são obrigatórias por lei”, disse Saulo Ribas, da Ativa Medicina e Segurança do Trabalho. Ele explica que qualquer companhia, independente do risco que ofereça aos seus colaboradores, necessita elaborar e implementar o Programa de Prevenção de Riscos Ambientais (PPRA) – voltado para controlar as ocorrências de riscos ambientais existentes no ambiente de trabalho, sejam de agentes físicos, químicos ou biológicos –  e o Programa de Controle Médico de Saúde Ocupacional (PCMSO) – cuida da saúde física e mental do trabalhador através de exames admissionais, demissionais, mudanças de função e periódicos. “Não é apenas uma questão de ser obrigatório, é se importar com a saúde do funcionário”, concluiu Saulo.

Palestras2Luciano Benetti, como é uma ferramenta muita nova, há muitos questionamentos em relação a sua implementação. Ele explicou que, em qualquer estabelecimento com mais de dez funcionários, é obrigatório o registro ponto, seja manual, mecânico ou eletrônico. Sobre o ponto eletrônico, Luciano ressaltou as vantagens e cuidados necessários com esta tecnologia. “O ponto eletrônico já existe há muito tempo, mas, em 2009, ele foi regulamentado para evitar fraudes. Essa ferramenta traz muitas inovações, como o relógio em tempo real, com horas, minutos e segundos, armazenamento permanente de dados, que não podem ser apagados ou alterados, porta de padrão USB, o que permite que a fiscalização baixe todas as cargas de horário e leve para a análise em um pen-drive, além de fornecer arquivos digitais, que devem ser mantidos pela empresa”.

O público presente aprovou o evento. Luciano Rodrigues Marques, diretor executivo da agência Duplo, elogiou a escolha dos temas, dizendo que “a gestão de pessoas é um dos assuntos mais importantes para uma empresa”. Para ele, o mercado da propaganda ainda está aprendendo a lidar com essas questões, e o evento cumpriu com as expectativas.

O mesmo pensa a assistente administrativa da Engenho de Ideias, Andressa Santos de Jesus. “Foram abordados temas importantes de uma forma muito esclarecedora. Era exatamente o que estávamos precisando para começarmos a implantar essas ferramentas na empresa”.

Direito Economia Negócios Notícias

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *