Antonio Claudio Mariz de Oliveira fala sobre delação premiada e diz ser difícil assumir Minisitério da Justiça

Entrevistas Notícias Poder Política

 

A Folha de S.Paulo afirma nesta quarta-feira (27) que o vice-presidente Michel Temer já desistiu de nomear o amigo e advogado criminalista Antonio Claudio Mariz de Oliveira para o Ministério da Justiça em um eventual governo. Segundo o jornal, que ouviu pessoas próximas a Temer, o vice teria considerado “ruim” e “errática” a entrevista de Mariz, na qual ele fala praticamente como ministro e critica o mecanismo de delações premiadas. Em entrevista ao programa Agora/Rádio Guaíba, nesta terça-feira(26.04), o advogado falou sobre a possibilidade de um convite e também a sua visão sobre a questão da delação premiada.