Morre Arthur Guarisse; por *Márcio Pinheiro

Morre Arthur Guarisse; por *Márcio Pinheiro

Cidade Cultura Destaque
Final dos anos 90: eu era editor da Gazeta Mercantil/RS, suplemento regional encartado na edição nacional do jornal de economia, e li um release que falava sobre uma homenagem a Arthur Guarisse. Pensei: isto rende pauta. Chamei uma repórter e falei. “Vai lá e faz uma matéria sobre o Arthur Guarisse”. Ela me rebateu: “Quem é Arthur Guarisse?”. Naqueles milésimos de segundos entre o pedido e o meu espanto, calculei mentalmente a importância que Guarisse teve e comecei a listar alguns aspectos que me pareciam relevantes a respeito dele: “Um dos pioneiros em decoração de interiores do RS, dono de um antiquário charmosíssimo numa das casas mais lindas da Tristeza e, a partir dos anos 80, marido de Sandra Bréa”. A repórter me rebateu novamente: “Quem é Sandra Bréa?”. A partir dali, eu me dei conta que a pauta era natimorta. Do alto dos meus 30 e poucos anos na época (a repórter era aproximadamente uma década mais jovem do que eu) me dei conta que Arthur Guarisse (e também Sandra Bréa e aquele glamour de uma Porto Alegre dos anos 70) haviam caído no esquecimento.
Este Guarisse morreu hoje pela manhã. Fiquei sabendo por uma outra pequena nota publicada no Facebook que não informava a causa nem a idade dele (estimo em algo por volta de 80 anos). Falei com Arthur Guarisse uma única vez, por telefone, há cerca de sete anos, quando eu ainda fazia uma coluna sobre TV na Zero Hora. O tema de um dos textos havia sido Sandra Bréa. Guarisse me ligou para agradecer o tratamento dedicado à atriz e – na rápida conversa – me passou a impressão de ter ficado também muito feliz em ter sido lembrado depois de tantos anos. E eu que sempre valorizei as boas histórias antigas e seus personagens, tive ali uma outra lição: memória também ajuda as pessoas.
*Márcio Pinheiro é jornalista e coordenador do Livro da prefeitura de Porto Alegre – Foto: Meu Bairro Poa
*Em 2012 Arthur Guarisse concedeu uma entrevista ao site  Meu Bairro falando sobre viver em Porto Alegre e Artes.