Em Brasília manifestantes protestam em frente ao Ministério da Defesa pedindo Intervenção Militar

Em Brasília manifestantes protestam em frente ao Ministério da Defesa pedindo Intervenção Militar

Destaque Direito Poder Política Vídeo

 

A Secretaria de Segurança Pública e Paz Social (SSP-DF) informou que cerca de mil pessoas se manifestaram na Esplanada dos Ministérios na noite desta segunda-feira (28). Dentre as pautas identificadas pelas faixas estendidas, está a do pedido por intervenção das Forças Armadas.

No início da noite, toda a via N1 foi bloqueada, por volta das 19h20 a Polícia Militar garantiu ter liberado duas faixas de rolamento para permitir o trânsito no local, durante o horário de pico. O protesto aproveita a greve nacional de caminhoneiros que tem afetado diversos setores do país há uma semana.

Dirigentes de entidades da categoria denunciaram, nesta segunda, que existem infiltrados no movimento que buscam pautas alheias ao propósito original da mobilização, como a derrubada da gestão de Michel Temer. Houve manifestações também em São Paulo (Jornal de Brasília)

Presidente do SIMERS se reúne com ministro da Saúde nesta quarta

O presidnete do Sindicato Médico do Rio Grande do Sul (SIMERS), Paulo de Argollo Mendes, será recebido nesta quarta-feira (29), a partir das 16h30min, pelo ministro da Saúde, Ricardo Barros. A audiência será no gabinete de Barros, em Brasília. Argollo entregará documento com uma lista de temas prioritários para a categoria com impacto diretos no atendimento da população. Entre as principais pautas, estão a urgência de aumento de repasses de verbas para custear a assistência nos estados e municípios, financiamento para colocar em operação UPAs prontas mas ainda fechadas no Estado, estrutura precária em saúde mental, violência que virou rotina em postos e hospitais e o futuro do Mais Médicos, que tem muitas críticas sobre a garantia de qualidade e eficácia na oferta de médicos.

Lula prestou hoje novo depoimento à força-tarefa da Lava-Jato em Brasília

Lula prestou hoje novo depoimento à força-tarefa da Lava-Jato em Brasília

Direito Notícias Poder Política

O ex-presidente Lula prestou depoimento durante duas horas na Procuradoria Geral da República, em Brasília, na tarde desta quinta-feira, no âmbito das investigações da Operação Lava-Jato. Procuradores afirmaram que convocaram o ex-presidente para esclarecer detalhes e porque, em diversas ocasiões, ele declarou que não era ouvido pelas investigações.

Na quarta-feira, Lula teria tentado adiar a data do depoimento, mas o pedido não foi aceito pela PGR. Ainda não se sabe o teor das perguntas feitas pelos investigadores. As informações são da GloboNews.

As investigações sobre o ex-presidente foram transferidas de Curitiba para Brasília devido a uma decisão do relator da Lava-Jato no Supremo Tribunal Federal, ministro Teori Zavascki. Como as investigações envolviam pessoas com foro privilegiado, o ministro decidiu que elas não eram de competência do juiz federal Sérgio Moro. (Jornal Extra)

Suíte de Lula vira ‘QG político’

Suíte de Lula vira ‘QG político’

Notícias Poder Política

Menos de sete km separam o Palácio do Planalto do hotel onde o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva tem feito articulações políticas desde que teve suspensa sua nomeação para a Casa Civil. Alvo da Operação Lava Jato e impedido de pisar na sede do governo, ele recebe ministros, dirigentes de partidos e outros políticos da fraturada base de sustentação do Planalto. A reportagem completa está em O Estado de São Paulo.

Sartori participa de reunião de governadores com ministro da Fazenda em Brasília

Notícias Poder Política
Governadores se reuniram na residência oficial do governador do Distrito Federal, Rodrigo Rollemberg. (foto: Wilson Dias/Agência Brasil)
Governadores se reuniram na residência oficial do governador do DF, Rodrigo Rollemberg. (foto: Wilson Dias/Agência Brasil)

Dez governadores e um vice-governador se reuniram na tarde desta segunda-feira (28), em Brasília, com o novo ministro da Fazenda, Nelson Barbosa, para apresentar uma agenda de propostas na área econômica.

De acordo com o governador do Distrito Federal, Rodrigo Rollemberg, os governantes estaduais apresentaram ao Executivo federal uma lista com sete pontos definidos em uma reunião realizada no início da tarde desta segunda, em Brasília.

O encontro dos governadores foi organizado por Rollemberg. Na reunião – que ocorreu na residência oficial do governo do Distrito Federal – participaram os governadores Luiz Fernando Pezão (RJ), Geraldo Alckmin (SP), Marconi Perillo (GO), Marcelo Miranda (TO), Fernando Pimentel (MG), Rui Costa (BA), Wellington Dias (PI), José Ivo Sartori (RS) e Paulo Câmara (PE), além do vice-governador do Maranhão, Carlos Brandão.

Ainda segundo Rollemberg, também ficou decidido que os governadores irão se reunir mensalmente para discutir propostas na área econômica.

“Nós decidimos criar um fórum permanente de governadores que se reunirá todos os meses para construir uma agenda comum para o país, uma agenda de curto prazo e uma de longo prazo, que envolva as reformas estruturantes. Para este momento, construímos uma agenda de sete pontos que levaremos para o ministro Nelson Barbosa”, ressaltou o governador do Distrito Federal. (O Sul)

Mega Sena de R$ 205 milhões sai para aposta de Brasília

Mega Sena de R$ 205 milhões sai para aposta de Brasília

Notícias

Uma aposta feita em Brasília acertou sozinha as seis dezenas da Mega Sena, sorteadas na noite desta quarta-feira, em Cândido Mota (SP). Os números foram: 06, 07, 29, 39, 41 e 55. O prêmio a ser pago, de R$ 205,3 milhões, é o maior da história da modalidade em concursos regulares. Na poupança, a bolada rende mais de R$ 1,3 milhão por mês.

A Quina teve 401 acertadores e cada um vai receber R$ 58.622,54. Já a Quadra paga prêmio individual de R$ 992,09 para 33.850 apostadores.

A estimativa da Caixa Econômica Federal, porém, é de que no próximo sábado a Mega já volte a pagar um prêmio considerado alto, de R$ 80 milhões. Também seguem sendo feitas, em qualquer lotérica, as apostas para a Mega da Virada, que sorteia, em 31 de dezembro, pelo menos R$ 280 milhões.

Dilma retorna a Brasília após viagem a Porto Alegre

Cidade Notícias

Após passar menos de 24 horas em Porto Alegre, a presidente Dilma Rousseff desembarcou em Brasília por volta das 15h deste domingo. Ela viajou nesse sábado para a capital gaúcha, onde moram a filha e o neto.

Até o momento, não estão previstos compromissos oficiais na agenda presidencial neste domingo e segunda, feriado de Nossa Senhora Aparecida. Ontem, antes de deixar Brasília, Dilma reuniu o novo núcleo duro do governo no Palácio da Alvorada, residência oficial. (Agência Brasil)

Zelotes entra em nova fase e cumpre mandados em Brasília e Rio

Zelotes entra em nova fase e cumpre mandados em Brasília e Rio

Economia Negócios Notícias Poder Política

Sonegadores e corruptos, tremei! A Polícia Federal deflagrou nesta quinta-feira, 8, uma nova etapa da Operação Zelotes. Estão sendo cumpridos pelos policiais sete mandados de busca e apreensão, cinco deles em Brasília e dois no Rio de Janeiro. As medidas judiciais foram concedidas pela 10ª Vara Criminal Federal do DF. Dessa vez o Rio Grande do Sul ficou de fora, mas é sempre bom lembrar que empresas e agentes públicos do Estado estão sendo investigados e que há indícios que a coisa pode se complicar aqui na parte meridional do país.

 
As ações de hoje, segundo a PF, são fruto da primeira análise do material apreendido na deflagração da Zelotes, em 26 de março de 2015. Nos documentos apreendidos naquela ocasião, afirma a Polícia Federal, foram identificados indícios que apontam para a participação de outro Conselheiro do Conselho Administrativo de Recursos Humanos (CARF), além de escritórios de advocacia ligados a ele.

 
A nota divulgada pela Polícia Federal é esclarecedora no sentido de mostrar a lama e a promiscuidade entre funcionários públicos e empresas privadas: “Durante os quase 7 meses de investigação em andamento Superintendência da Polícia Federal no DF, visando apurar a prática dos crimes de advocacia administrativa fazendária, tráfico de influência, corrupção ativa e passiva, associação criminosa e lavagem de dinheiro, ocorrida em decorrência de negociações escusas realizadas em processo administrativos de interesse CARF, ficou comprovado que Conselheiros e funcionários do desse órgão defendiam interesses privados, em detrimento da União, e ainda, valendo-se de informações privilegiados, realizavam captação de clientes através de “escritórios de assessoria, consultoria ou advocacia”, que ofereciam “serviços e facilidades” em julgamentos dentro do CARF”.

 
Nardes envolvido até o pescoço
O ministro Augusto Nardes, relator das contas rejeitadas de Dilma e Temer no TCU, é um dos suspeitos de receber pagamentos indevidos. Ele teria recebido R$ 1,6 milhão, num caso que pode envolver o grupo RBS, que, assim, conseguiu eliminar dívidas fiscais. A PF, no entanto, não divulgou os alvos dessa nova fase.

 

O procurador Frederico Paiva é o responsável pela investigações da Operação Zelostes (Marcelo Camargo/Agência Brasil)
O procurador Frederico Paiva é o responsável pela investigações da Operação Zelostes (Marcelo Camargo/Agência Brasil)

Entenda a Zelotes
A Operação Zelotes foi deflagrada no dia 26 de março deste ano. Naquele dia, 180 policiais federais cumpriram 41 mandados de busca e apreensão nos estados de São Paulo, Ceará e no Distrito Federal. Os crimes investigados são: Advocacia Administrativa Fazendária, Tráfico de Influência, Corrupção Passiva, Corrupção Ativa, Associação Criminosa, Organização Criminosa e Lavagem de Dinheiro. As fraudes apuradas pela PF junto ao CARF/ Receita Federal e já somam prejuízos de, pelo menos, R$ 5,7 bilhões aos cofres públicos.