Morre Larry Pinto de Faria. Velório começa às 15 horas, na Capela Nossa Senhora das Vitórias no Beira-Rio

Morre Larry Pinto de Faria. Velório começa às 15 horas, na Capela Nossa Senhora das Vitórias no Beira-Rio

Esporte Notícias
craques_larry2
Larry atuando pelo Inter

A família comunicou no início da manhã, a morte de Larry Pinto de Faria. O velório será realizada das 15 horas desta sexta-feira(06.05) até 15 horas do sábado (07.05), na Capela Nossa Senhora das Vitórias, no Complexo Beira-Rio.  Após o velório, o corpo será levado para o Crematório de Viamão, onde acontecerá a cerimônia de despedida. Nascido em Nova Friburgo, 3 de novembro de 1932, é um ex-futebolista e político brasileiro. Começou a carreira no Fluminense, onde jogou de 1951 a 1954, sendo campeão do Campeonato Carioca de 1951 e da Copa Rio (Internacional) de 1952, ano em que também foi o artilheiro da Seleção Brasileira nos Jogos Olímpicos de Verão de 1952, quando marcou quatro gols em três jogos. Em 1954 ele transferiu-se para o Internacional onde jogou até 1961, quando encerrou a sua carreira.

Era um centroavante elegante e técnico, que nem sequer trombava com os zagueiros. Conquistou a torcida colorada no segundo Gre-Nal que disputou, quando marcou quatro gols na goleada de 6 a 2. Foi campeão Pan-Americano em 1956, quando a seleção gaúcha representou o Brasil.

hqdefault
Larry no vestiário do Beira-Rio. Foto: Dulce Helfer

Mas o Cerebral Larry, como era chamado pela torcida colorada, não é tão lembrado pela capacidade de fazer gols quanto pelo estilo clássico, refinado, raro entre os centroavantes da época e de qualquer tempo. Com outro centroavante, o pernambucano Bodinho, Larry formou uma dupla infernal, capaz de tabelinhas só comparáveis às dos santistas Pelé e Coutinho. No Campeonato Gaúcho de 1955, Larry marcou 23 gols em apenas dezoito partidas. Só não foi o artilheiro porque Bodinho chegou aos 25. Larry tinha tanta moral com a torcida colorada que, mesmo perdendo os dois pênaltis contra o Renner que tiraram o Inter da disputa do título gaúcho de 1958, saiu de campo aplaudido. Anos depois, quando abandonou o futebol, foi eleito deputado estadual.

download (1)
Larry no Estádio dos Eucaliptos. Foto: Dulce Helfer

Como jogador Larry conquistou o Campeonato Gaúcho de 1954 e o de 1961 pelo Internacional e o Pan-Americano de 1956 pela Seleção Brasileira, além dos títulos conquistados pelo Fluminense.

Atuou como comentarista esportivo na extinta TV Difusora, canal 10 de Porto Alegre, nos programas Portovisão e Meio-Dia – A Hora Local.

Larry também foi o primeiro jogador que marcou um gol do Brasil em olimpíadas, acontecendo isso em 1952 em Helsinque.

Impeachment de Dilma: Em entrevista à Rádio Guaíba presidente da Comissão Especial do Impeachment se mostra ponderado. Rogerio Rosso viveu em Porto Alegre na juventude

Direito Economia Notícias Poder Política

 

Conversei hoje na Rádio Guaíba com o deputado federal Rogério Rosso (PSD/DF), eleito presidente da Comissão Especial do Impeachment. No cálculo dele restando ainda nove sessões da Câmara para que a presidente Dilma entregue sua defesa e depois mais cinco sessões para que os deputados apresentem um relatório que será votado em plenário. Para Rosso, o relatório final será votado até o fim da primeira quinzena de abril.

Na entrevista ao Programa Agora, da Rádio Guaíba, o parlamentar explicou sua boa relação com a presidente Dilma e também com seus opositores, como o deputado Eduardo Cunha, explicou que no Distrito Federal o PT sempre foi seu adversário. Contudo, em 2015, o PSD tomou a decisão de participar da base de sustentação do governo federal e assumiu a liderança da bancada. Argumentou que se afastou da liderança do partido para se dedicar exclusivamente à questão do impeachment.

Em sua percepção pessoal, ressaltou que nesse momento de crise política é preciso ter serenidade e a cautela para avaliar a peça do STF com rigor jurídico e Constitucional. Destacou também é preciso ter a sensibilidade para entender o clamor da sociedade nesse momento de crise. Ao ser questionado sobre seu posicionamento sobre o voto, Rosso informou que não quer tratar do assunto sem antes conhecer a defesa prévia de Dilma.

Para ele, que é o presidente da Comissão, não seria ético revelar seu voto para não influenciar a decisão dos colegas. Ressaltou que quer fazer um trabalho justo, mas não soube precisar o que vai acontecer com aqueles parlamentares que estão declarando o voto contra Dilma. Para ele, o Conselho de Ética poderá avaliar a antecipação de resultados, mas reiterou que o julgamento da denúncia contra Dilma tem que ter ponderação.

Paulo Pinheiro assume como novo diretor executivo da Brio

Paulo Pinheiro assume como novo diretor executivo da Brio

Cidade Comunicação Esporte Notícias Poder Política Porto Alegre

Marcelo Flores, Diretor-Presidente da BRIO – SPE Holding Beira-Rio, empresa parceira do Sport Club Internacional na modernização e administração do Complexo do Estádio Beira-Rio, contratou Paulo Urnau Pinheiro para o cargo estratégico de Diretor-Executivo. Além do desafio de consolidar o complexo como um espaço multiuso, dentre as responsabilidades do novo diretor estão a gestão dos ativos, dos negócios e das equipes e empresas que operam toda a moderna infraestrutura que foi colocada à disposição dos torcedores colorados e da cidade de Porto Alegre.

Paulo Urnau Pinheiro tem 28 anos de experiência em alta gestão executiva e já exerceu cargos de direção e de liderança nos Grupos RBS, onde trabalhou por 12 anos, tendo iniciado sua carreira como Trainee e chegado à frente da Gerência Executiva de Operações da Net Sul; IGUATEMI/JEREISSATI, começando como Gerente Geral do Praia de Belas Shopping Center e chegando a Diretor da Regional Sul de Shoppings Centers onde esteve por onze anos e ZAFFARI/BOURBON, no qual atuou por quatro anos como Diretor Executivo da Rede de Shoppings. O executivo tem longa experiência no setor de varejos e na gestão de negócios, é formado em Administração de Empresas pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) e tem Pós-Graduação em Gestão Empresarial e em Finanças, pela Universidade do Rio dos Sinos e pela UFRGS, respectivamente.

Sobre os desafios do novo cargo, Paulo adianta: “O futebol é uma paixão e o torcedor é um fã incondicional de seu clube. Como colorado e dirigindo uma empresa que tem o Beira-Rio em seu nome, meu trabalho também vai ser pautado por estes conceitos, em favor do clube, de seu torcedor e, obviamente, para os sócios e para os negócios da BRIO.” Vale lembrar o incremento proporcionado com a modernização do Estádio e do Complexo Beira-Rio: o Beira Rio Premier Club – um novo tipo de experiência com o futebol e um conceito diferenciado de hospitalidade em áreas nobres do Estádio Beira-Rio – com 5 mil Cadeiras Vip, 70 Camarotes e 55 Skyboxes; o Edifício-Garagem – conforto, segurança e fácil acesso – com 3 mil vagas, sendo 2 mil cobertas; o Beira-Rio Street Mall com 44 lojas – oferecendo conveniência, serviços, esporte e alimentação; o Sunset Beira-Rio – espaço de entretenimento, lazer e eventos para até 3 mil pessoas, de frente para o pôr do sol do Guaíba; Gastronomia e Serviços em 66 bares internos no Estádio; além dos grandes shows, espetáculos e eventos que acontecem no Estádio e no Anfiteatro Beira-Rio – novíssimo e exclusivo espaço ao ar livre e dentro do estádio, com capacidade para até 13 mil pessoas.