‘Espero que seja retórica eleitoral’, diz Meirelles sobre intenções de Lula na economia. Ex-presidente sinaliza que pode rever ações tomadas no governo Temer; por por Bárbara Nascimento/O Globo

‘Espero que seja retórica eleitoral’, diz Meirelles sobre intenções de Lula na economia. Ex-presidente sinaliza que pode rever ações tomadas no governo Temer; por por Bárbara Nascimento/O Globo

Destaque Economia Entrevistas Gastronomia Poder Política Vídeo

O ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, afirmou nesta quarta-feira à “Rádio Guaíba”, do Rio Grande do Sul, que espera que o discurso do ex-presidente Lula na área econômica seja “meramente uma retórica eleitoral”. Lula tem sinalizado que pode reverter, se eleito em 2018, algumas ações tomadas na área econômica durante o governo Michel Temer.Ele lembrou que existia um receio similar em relação a Lula em 2002 e que, quando eleito, o ex-presidente o convidou para a direção do Banco Central, onde teve autonomia para atuar.

— Agora, o que ele está propondo eu discordo. Eu espero que seja meramente uma retórica eleitoral. Respeito a diferença de opinião, mas claramente o que estamos fazendo está dando certo. Mais informações em O Globo.

Após alegar falta de segurança, Dilma admite que pode viajar em voos comerciais para denunciar ‘golpe’; por Lucas Rivas/Rádio Guaíba

Após alegar falta de segurança, Dilma admite que pode viajar em voos comerciais para denunciar ‘golpe’; por Lucas Rivas/Rádio Guaíba

Notícias Poder Política Porto Alegre

Depois de publicar nota, nesse fim de semana, alegando falta de segurança para viajar em voos comerciais, a presidente afastada Dilma Rousseff (PT) informou, nesta segunda-feira, que vai seguir percorrendo o Brasil para denunciar o que chama de “golpe”, indiferente de utilizar ou não a aeronave da Força Aérea Brasileira (FAB), com a qual se desloca entre Brasília e Porto Alegre. De acordo com a assessoria da petista, caso o governo interino mantenha a negativa, Dilma admite cumprir agendas por meio de voos comuns. Nesse caso, os custos serão arcados por ela.

Ainda na sexta-feira, em discurso em Porto Alegre, Dilma lembrou que a Constituição garante ao presidente afastado o direito a utilizar a aeronave. “Houve uma decisão da Casa Civil ilegítima, provisória e interina, cujo objetivo é proibir que eu viaje. É um escândalo que eu não possa viajar para o Rio, para o Pará, para o Ceará… Isso é grave. Eu não posso, como qualquer outra pessoa, pegar um avião (comercial). Tem de ter todo um esquema garantindo a minha segurança, pela Constituição. É a Constituição que manda. Estamos diante de uma situação que vai ter de ser resolvida. Eu vou viajar!”

Um parecer da Casa Civil restringiu o uso do avião da FAB para os deslocamentos de Dilma entre Brasília e Porto Alegre, cidade onde a petista mantém parentes e um apartamento. O entendimento é de que, afastada do cargo, a presidente não precisa cumprir compromissos oficiais que demandem deslocamento aéreo. O ofício teve que passar pelo crivo do presidente interino, Michel Temer.

Depósitos alimentares

Nesta segunda-feira, o Palácio do Planalto também confirmou que foram depositados os recursos do cartão de suprimento que financia a alimentação da presidente afastada de da equipe que trabalha c0m ela no Palácio da Alvorada. Desde 1º de maio e até esse final de semana, nenhuma quantia para as despesas alimentares havia sido repassada. A regularização do benefício foi confirmada pela Secretaria de Governo do governo interino. O total depositado ainda não foi revelado.

Durante a passagem pela Capital, nesse final de semana, todos custos desse tipo foram mantidos com recursos pessoais da presidente. A suspensão no repasse foi definida pela equipe do presidente em exercício. A justificativa do Palácio da Alvorada é de que as verbas foram bloqueadas para “análise jurídica”. Desde o afastamento temporário, Dilma conta com trabalho de 15 assessores.

Pesquisa “Comer fora em Poa”revela dados importantes para o setor da alimentação. Quais são os critérios, níveis de satisfação e preferências de quem come na Capital Gaúcha

Pesquisa “Comer fora em Poa”revela dados importantes para o setor da alimentação. Quais são os critérios, níveis de satisfação e preferências de quem come na Capital Gaúcha

Cidade Comportamento Comunicação Cultura Negócios Notícias Porto Alegre prefeitura

O Sindha – Sindicato de Hospedagem e Alimentação de POA e Região se baseia na pesquisa “Comer Fora em Porto Alegre”, realizada pelo Sebrae com responsabilidade técnica do Instituto de Pesquisa de Mercado – Unisinos, para incrementar o setor. O levantamento foi feito para compreender o comportamento de sair para comer. Para tanto, foram realizados 880 questionários em 12 áreas da cidade. As pessoas responderam questões sobre Perfil de Compra, Motivações, Preferências, Critérios de Escolha, Satisfação e Inibidores. “A pesquisa vem sendo utilizada para nortear ações e cursos de formação do segmento de alimentação,” diz o presidente do Sindha, Henry Chmelnitsky.
Segundo o levantamento, há correlação entre o tempo e o valor gastos. Quem dispensa mais tempo para comer fora também gasta mais. Quanto à motivação para buscar um local para comer, 66% afirmam que é para descontrair e 58% confessam que é para estar com outras pessoas. Escolhem pela comida 63%, pelo ambiente 50% e pelo atendimento também 50%.
Durante a semana, comem fora 3,35% no almoço, 1,82% no lanche da tarde, 1,70% no jantar ou lanche da noite, 1,01% no lanche da manhã; 0,98% no happy hour e 0,82% no café da manhã. No final de semana, procuram restaurantes 1,05% para almoçar e 1,01% para jantar. Quanto ao gasto médio, o maior valor fica com as refeições de final de semana R$ 36,00. Durante a semana, é desembolsado R$ 34,70 para o jantar; R$ 17,50 para o almoço e R$ 13,10 para lanches e café. Sobre o tempo gasto em média, a maioria declarou que, nos finais de semana, leva 1h50 por refeição. Dura quase o mesmo tempo o jantar durante a semana: 1h48. O almoço de segunda à sexta fica com uma média de 56 minutos e o lanche com 50 minutos.
Perguntados por que comem fora de casa, 68,2% disse que não tem tempo de voltar para casa. A praticidade foi a opinião de 54,4%. Por não ter o que comer em casa é motivo para 21,7%. Porque é mais barato foi a opção escolhida por 9,5%. E, 7% consideram que a comida do restaurante é mais saudável. Sobre os critérios para escolha do local, 58,1% responderam que o local oferece a comida que gosta; 56,3% indicam que fica perto do onde estão; 47% revelam que são atraídos pelo atendimento, 28,4% fazem referência ao preço baixo e 8,4% por ter comida caseira no cardápio.
Ao marcarem o que costumam comer fora, 60,3% selecionaram saladas; 56,7, massas; 45,8%, comida trivial (feijão, arroz); 45,7%, peixes e frutos do mar; 44,8%;pizza; 40,3% churrasco e 9,3% sopas.
E o que comem nos lanches? As opções mais saudáveis lideram. Sucos, saladas de fruta e açaí foram referidas por 56,3%; sanduíches, pães e demais lanches de padaria são preferidos por 51,3%; os que oferecem fast food são procurados por 41,2% e churrasquinhos são os prediletos de 18,6%. Sobre a satisfação em comer fora, 61,3% estão contentes no geral; 66,9% gostam da qualidade da comida; 55,3% ressaltam a rapidez no atendimento e 49,3% frisam o preço. A pesquisa mostra que o que poderia melhorar, segundo os entrevistados, são opções mais econômicas (38,3%); opções mais saudáveis (34,8%), diversificação de estilos de locais (32,7%), ambientes mais tranquilos e agradáveis (32,6%), mais flexibilidade de horário (27,9%) e mais sobremesas (4,3%).

UniRitter lança curso de Gastronomia

UniRitter lança curso de Gastronomia

Cultura Educação Gastronomia Notícias Porto Alegre

A profissão de chef de cozinha tem sido cada vez mais demandada pelo mercado e o Brasil tem grande potencial de crescimento no setor, o que pede profissionais cada vez mais qualificados. Para atender este cenário, a UniRitter lança seu curso superior de Gastronomia no Campus FAPA, com inscrições até o dia 11 de dezembro. Durante cinco semestres, os alunos serão estimulados a criar soluções inovadoras e adaptáveis às exigências de tecnologia e sustentabilidade dessa área. “Para ser chef é importante dominar a história dos alimentos, entender da cultura dos diversos países e da ciência dos ingredientes, além ser criativo, ter muito cuidado com a qualidade e muita prática”, destaca a diretora de Hospitalidade e Gastronomia da Rede Laureate Brasil, Rosa Moraes.

O curso da UniRitter oferece oportunidades em restaurantes, hotéis, bufês, resorts, cruzeiros marítimos, companhias aéreas, food service, hospitais, dentre outras áreas. O estudante de Gastronomia vai aprender a conceber, planejar, gerenciar e executar cardápios em diferentes serviços de alimentação. Entre os diferenciais do curso de Gastronomia da UniRitter, estão as aulas práticas em uma estrutura que conta com laboratórios (cozinhas pedagógicas), além do foco de preparar os estudantes para uma carreira bem sucedida no setor de alimentos e bebidas. “Os acadêmicos vão desenvolver competências profissionais e uma compreensão abrangente do setor de alimentação, consciência ambiental e comportamento profissional exemplar. Terão um aprendizado dos métodos e técnicas culinárias clássicos e contemporâneos com aulas práticas desde a primeira semana. Também irão preparar e compreender as diversas cozinhas globais que impulsionam a indústria de hoje”, comenta Rosa.

Por fazer parte da Rede Laureate Brasil, os alunos da UniRitter se beneficiam das melhores práticas de cursos de excelência como a graduação tecnológica de gastronomia da Universidade Anhembi Morumbi (um dos melhores cursos do Brasil), em São Paulo, e do Kendall College Culinary Arts School (uma das dez melhores escolas de gastronomia dos Estados Unidos), em Chicago. Os estudantes ainda contam com a possibilidade de realizar programas de verão e de férias em algumas das melhores instituições internacionais ligadas à área, como a Les Roches Hotel Management School, na Espanha.

 

O valor da inscrição do vestibular é de R$ 50,00. As provas acontecem no dia 12 de dezembro, às 10h. Informações pelo telefone 0800.642.4000 ou pelo site www.uniritter.edu.br/vestibular.

 

Cursos oferecidos:

 

Campus Canoas

Administração, Análise e Desenvolvimento de Sistemas, Arquitetura e Urbanismo, Ciência da Computação, Direito, Enfermagem, Engenharia Civil, Engenharia de Produção, Engenharia Mecânica, Fisioterapia, Gestão de Recursos Humanos e Marketing.

 

Campus Zona Sul

Administração, Análise e Desenvolvimento de Sistemas, Arquitetura e Urbanismo, Biomedicina, Ciências Contábeis, Ciência da Computação, Design Gráfico, Design de Games, Design de Moda, Design de Produto, Direito, Enfermagem, Engenharia Ambiental e Sanitária, Engenharia Civil, Engenharia Elétrica, Engenharia Mecânica, Engenharia de Produção, Engenharia Química, Farmácia, Fisioterapia, Jornalismo, Letras – Inglês, Nutrição, Pedagogia, Psicologia, Publicidade e Propaganda, Relações Internacionais, Relações Públicas, Sistemas da Informação.

 

Campus FAPA

Administração, Análise e Desenvolvimento de Sistemas, Arquitetura e Urbanismo, Biomedicina, Ciências Biológicas, Ciências Contábeis, Ciência da Computação, Design de Moda, Enfermagem, Engenharia Civil, Engenharia de Produção, Fisioterapia, Gastronomia, Gestão de Recursos Humanos, História, Jornalismo, Letras – Português, Marketing, Medicina Veterinária, Pedagogia, Publicidade e Propaganda e Relações Internacionais.

 

SERVIÇO:

O QUÊ? Vestibular da UniRitter

QUANDO?  Prova no dia 12 de dezembro, às 10h.

ONDE?

– Campus FAPA (Av. Manoel Elias, 2001 – Porto Alegre)

– Campus Zona Sul (Rua Orfanotrófio, 555 – Porto Alegre)

– Campus Canoas (Rua Santos Dumont, 888 – Canoas)

Jornalista Sandra Moreyra morre aos 61 anos

Jornalista Sandra Moreyra morre aos 61 anos

Comunicação Notícias

A jornalista Sandra Moreyra morreu na tarde desta terça-feira, no Rio de Janeiro.  Ela estava internada no Hospital Samaritano, em Botafogo, na Zona Sul do Rio, onde se submetia a tratamento. Essa foi a terceira vez que a comunicadora descobriu que estava com a doença. A primeira foi em 2008 e a segunda em 2013. “Novamente estou sendo posta à prova. Mais um tratamento pra fazer. Eu amo a vida. E vou em frente”, postou Sandra em seu Twitter na ocasião. Com razão, Maria Beltrão se emocionou na hora que teve que dar a notícia. Veja a reportagem da Globonews com um resumo da carreira de Sandra,

Em função da profissão estive com Sandra algumas vezes. Tremenda profissional. Com 40 anos de carreira, ela participou de coberturas jornalísticas de importantes momentos do país como a morte de Tancredo Neves, o Plano Cruzado, o acidente radioativo em Goiânia, com Césio 137, a tragédia do iate Bateau Mouche, a Rio-92, a chacina de Vigário Geral e a ocupação do Complexo do Alemão. Mas, não esquecerei quando a conheci. Eu já era fã, quando a conheci por acaso no Bar da Lagoa. Me apresentei e disse que adorava o quadro de gastronomia ARTE DA MESA, que ela apresentava no Bom Dia Brasil. Hoje é comum, vermos reportagens sobre o assunto, na década de 90 não era. Conversamos sobre comida e em especial o sanduíche de pernil que tinha escolhido no cardápio. Um papo literalmente super gostoso. RIP SANDRA!

Campanha criada pela Paim gera repercussão antes mesmo de veicular. Anúncios da Sociedade de Pediatria do RS mostram a importância da alimentação balanceada da mãe para a saúde do bebê

Campanha criada pela Paim gera repercussão antes mesmo de veicular. Anúncios da Sociedade de Pediatria do RS mostram a importância da alimentação balanceada da mãe para a saúde do bebê

Comunicação Crianças Cultura Economia Notícias Poder Política Publicidade Vídeo
Reportagem de Ana Paula Jung, no Proganda & Marketing deve gerar uma boa polêmica. Antes mesmo de começar a veicular na mídia, os anúncios e cartazes, criados pela Paim, para Sociedade de Pediatria do Rio Grande do Sul (SPRS) já estão tendo uma repercussão internacional. A ação visa alertar as mulheres sobre os efeitos que uma má alimentação pode ter sobre seus filhos recém-nascidos, nos primeiros mil dias. Consideradas “perturbadoras”, as imagens mostram os seios de mães amamentando seus bebês, onde um dos seios é substituído por um alimento que não é adequado para um recém nascido como hambúrgueres, refrigerantes e doces.

Com o conceito, “Seu filho é o que você come”, a campanha busca chamar a atenção, de forma impactante, sobre a importância da mãe manter uma alimentação balanceada aliada a exercícios físicos para desenvolver um feto saudável, bem como estimular hábitos saudáveis na infância que durem a vida toda. Segundo a SPRS, os primeiros mil dias de um bebê, desde a gestação, são fundamentais para evitar obesidade, hipertensão, diabetes e doenças do coração na vida adulta dele.
A Ideia é mostrar como as mulheres podem prejudicar os filhos com uma má alimentação durante a gestação e nos primeiros dois anos de vida do bebê.
Os anúncios serão lançados oficialmente na segunda-feira (21) e cartazes serão colocados em hospitais e consultórios pediátricos, mas já houve um pré-lançamento esta semana na internet com versão em inglês e português. O jornal inglês Daily Mail, por exemplo, classificou os anúncios como “perturbadores”.
“Está tendo uma repercussão mundial, em sites/blogs do mundo inteiro. Sem falar nas redes sociais, onde estamos tendo muitíssima gente, curtindo, compartilhando e comentando. E o mais legal é que está fazendo todo mundo discutir sobre o assunto”, Márcio Blank, redator da Paim.
Ficha Técnica

Anunciante: SPRS

Título: Seu filho é o que você come.

Agência: Paim Comunicação

Diretor de Criação: Rodrigo Pinto

Diretor de Arte: Vanessa Locks, José Pedro Bortolini, Matheus Mendes, Julia Poloni

Redação: Márcio Blank, Mariana Ferreira, Eduardo Pandolfo, Cindy Schneider

Ilustração: Joel Nunes

Foto: Raul Krebs

Typedesigner: Matheus Mendes

Manipulação: Gariba, José Pedro Bortolini, Matheus Mendes

Produção:Alex Souza

Mídia: Jamine Fagundes

Atendimento: Guilherme Leke

Aprovação Cliente: Patrícia Lago, Lucia Diehl, Cristina Targa