Feira do Livro de Canoas tem início com Teatro gratuito e outras atividades

Feira do Livro de Canoas tem início com Teatro gratuito e outras atividades

Agenda Cidade Comportamento Cultura Notícias

naometoque
Peça Não me toque, estou cheia de lágrimas homenageia Clarice Lispector. Foto: Nilton Santolin

A 32ª edição da Feira do Livro de Canoas, que começa neste sábado, dia 25 de junho, também é uma boa oportunidade para quem conhecer obras de escritores de uma forma mais lúdica: o teatro. Com entrada gratuita (mediante a retirada de senhas antecipadamente), Jorge Amado e Clarice Lispector estarão representados no Teatro do Sesc enquanto o público leitor circula pala Praça da Bandeira e o Largo da Praça, que ganharão novos e intensos dias e noites culturais. Serão 15 dias e cerca de 160 atividades gratuitas realizadas até 9 de julho.

 

A programação teatral inicia já no primeiro dia da mostra literária com apresentação de Dona Flor e Seus Dois Maridos. A montagem dirigida por Zé Adão Barbosa mostra o triangulo amoroso criado por Jorge Amado em interpretações de Kaya Rodrigues, Tom Peres e Cassiano Ranzolin. No dia seguinte, 26 de junho, às 16h, também no Teatro do SESC, a GEDA Companhia de Dança Contemporânea mostra Não me toque, estou cheia de lágrimas, espetáculo de dança baseada na personalidade e na obra de Clarice Lispector – escritora que também é tema de estudos de um dos convidados internacionais da feira, o inglês Benjamim Moser.

DONA FLOR E SEUS DOIS MARIDOS

Dia 25 de junho, às 20h, no Teatro do SESC

(Para assistir, é necessário retirar senhas no dia do espetáculo, a partir das 18h, no local)

A obra-prima de Jorge Amado Dona Flor e Seus dois Maridos, além do triângulo amoroso, descreve a vida noturna da cidade de Salvador, seus cassinos e cabarés, a culinária baiana, os ritos do candomblé e o convívio entre políticos, doutores, poetas, prostitutas e malandros. A narrativa faz um retrato inventivo e bem-humorado das ambiguidades  que marcam  o Brasil, país dividido entre o compromisso e o prazer, a alegria e a seriedade, o trabalho e a malandragem.Canções populares e pontos de candomblé permeiam todo o espetáculo interpretadas por Flor, por Vadinho em suas serenatas, pelos amigos nos botecos e cabarés, pela cantora do Cassino e pelas amigas de Flor. A montagem tem direção musical de Simone Rasslan e Álvaro  RosaCosta, com canções garimpadas do domínio público e músicas criadas especialmente para o espetáculo por Álvaro  RosaCosta.

 

NÃO ME TOQUE, ESTOU CHEIA DE LÁGRIMAS – SENSAÇÕES DE CLARICE LISPECTOR

Dia 26 de junho, às 16h, no Teatro do SESC (Para assistir, é necessário retirar senhas no dia do espetáculo, a partir das 13h, no Teatro do SESC)

É uma obra coreográfica de dança contemporânea apresentada baseada na personalidade de Clarice Lispector, escritora nascida na Ucrânia e considerada brasileira pelo público e pela sua própria declaração. A singularidade dos seus livros e sua prosa e os movimentos que ela executou na vida desde o nascimento até a morte provoca a concepção desta obra solo que enfatiza a perturbação e inquietação desta mulher paradoxal, sombria e corajosa. Sua intimidade com as palavras refletiu a necessidade de se expressar em uma moldura gestual, ora sofisticada ora impregnada de mágoas e reflexões sobre a vida. “Sou como você me vê. Posso ser leve como uma brisa ou forte como uma ventania, depende de quando e como você me vê passar”, escreveu Clarice Lispector.

 

CONFIRA A PROGRAMAÇÃO COMPLETA PARA SÁBADO E DOMINGO

 

Dia 25 de junho – Sábado

18h – Área Central – Abertura Oficial – Apresentação COCAN

20h – Teatro do SESC – Teatro: Dona Flor e Seus Dois Maridos

 

Dia 26 de junho – Domingo

Das 14h às 18h – Espaço Infantil – Encontro e mostra dos Pontos de Cultura, Pontos de Leitura Municipais e Estaduais e participação da Escritora Juraci Ribeiro de Barros debatendo sobre sua trajetória literária

Das 14h às 18h – Biblioteca da Feira – Troca-troca de livros, revistas e gibis.

15h – Café Literário – Lançamento e sessão de autógrafos  da Coletânea da Associação Canoense de Escritores

Das 15h às 18h – Audit. – 50 anos da Jovem Guarda com um Documentário Musical (org. Casa do Poeta)

16h – Teatro do SESC – Espetáculo Não me toque, estou cheia de lágrimas –  Sensações de Clarice Lispector,  da Companhia Gaúcha de Dança GEDA (acessibilidade de 25 lugares, para audiodescrição)

16h – Café Literário – Lançamento e esssão de autógrafos do Livro: EU SOU o ser binário a força e o poder do nós – Autor: Dhamião Olyveira (editora Versus)

17h – Café Literário – Autógrafos Juraci Ribeiro de Barros, Poemas para elevar a alma (editora Solução)

ENTRADA FRANCA