Secretário de Segurança Pública explica proposta de criação de Sistema Integrado de Segurança Pública utilizando Guardas Municipais

Cidade Entrevistas Notícias Poder Política Porto Alegre prefeitura

Entrevistei nesta terça-feira (05.01.2016), o secretário estadual da Segurança, Wantuir Jacini, que explicou a ideia de um sistema integrado de segurança pública no RS a partir da capacitação das guardas municipais e a unificação dos sistemas de vídeo monitoramento e fiscalização de trânsito. Na entrevista ao Programa Agora/Rádio Guaíba, ele disse que com a saída de centenas de brigadianos por conta de aposentadoria, nos últimos anos, a solicitação é de inclusão de todos os aprovados em concurso, mas não definiu prazos ou deu garantias. “A área econômica do governo estadual está dimensionando como será o pagamento desses servidores”. Ele disse que vivemos em um período econômico e social atípico, o que dificulta a incorporação dos novos servidores.

Jacini também detalhou como seria a integração das guardas municipais de 135 municípios gaúchos com a segurança pública estadual, apontando a oferta de cursos de capacitação para fazer o nivelamento dos agentes. Disse que já passou o tempo em que os guardas municipais faziam apenas a segurança dos prédios públicos. Destacou, no entanto, que a ideia não é que a Guarda Municipal substitua a Brigada Militar, mas aprimore o trabalho policial no Estado. “As instituições já tem academias, instrutores e hoje em dia os treinamentos podem ser feitos com menor custo e ensino à distância”, esclareceu. Jacini destacou que essas coisas não acontecem do dia para a noite, pois são feitas com muito trabalho no cotidiano. Ao responder perguntas de ouvintes o secretário também esclareceu que o uso da Força Nacional é restrito a casos específicos e urgentes. Para ele a unidade, menos de 200 homens, não pode fazer o policiamento ostensivo no lugar de 20 mil brigadianos que atuam no RS.