Ippon: João Derly nocauteia PCdo B e vai para a Rede de Marina Silva

Ippon: João Derly nocauteia PCdo B e vai para a Rede de Marina Silva

Cidade Notícias Opinião Poder Política

Não sei ainda a repercussão junto ao PCdo B, mas me parece que o ex-Campeão Mundial de Judô deu um IPPON no seu antigo partido que apostou forte nele na eleição 2014. Os comunistas atuaram em favor do judoca e vereador da Capital, em detrimento do então deputado federal Assis Melo e do jornalista André Machado, que acreditou na promessa de apoio dos partidarios a sua candidatura. Na verdade, os três disputaram quem ficaria com a maior parte do eleitorado de Manuela Dávila, que deixou Brasília para disputar ser eleita deputada estadual. Único deputado federal eleito pelo PCdo B, no Rio Grande, João Derly divulgou uma nota sobre a troca de partido na rede social Facebook: “Hoje tomei uma decisão política importante. Estou me filiando à Rede Sustentabilidade, somando-me a inúmeras lideranças nacionais na construção de uma força alternativa à polarização existente hoje em dia na política brasileira. Entendo que a Rede será um diferencial, como uma forma inovadora de construir um país com visão cooperativa e sustentável de sociedade.

Agradeço a oportunidade de ter me somado às lutas do Partido Comunista do Brasil. Refiro, em especial, a deputada Manuela D´Avila, que sempre tive como referência de liderança FOTO2-353785-2015-05-28-21_05 democrática e de boa política. Também agradeço aos deputados Juliano Roso e Raul Carrion e a vereadora Jussara Cony, que foi minha colega de bancada, no meu início na política, e com quem aprendi muito, e a todos os outros filiados.

Devido ao alinhamento irrestrito político, principalmente da bancada do PCdoB, ao governo federal, tomei essa decisão por divergir de diversas posições tomadas pelo governo com apoio incondicional da bancada do partido.

Agradeço o convite da Marina Silva para me unir a esse projeto de renovação da política brasileira, me juntando a nomes como a vereadora Heloísa Helena, os deputados federais Alessandro Molon, Miro Teixeira e Aliel Machado e o senador Randolfe Rodrigues.

Por fim, reitero meu compromisso com as sociedades gaúcha e brasileira de seguir na luta por uma sociedade mais justa e igualitária através de serviços públicos de qualidade, esporte, educação e direitos da juventude”.