SEBRAE/RS apresenta resultados do Programa AGIR.  Iniciativa desenvolveu ações para estimular empresas que têm negócios de impacto social.

SEBRAE/RS apresenta resultados do Programa AGIR. Iniciativa desenvolveu ações para estimular empresas que têm negócios de impacto social.

Agenda Cidade Destaque Negócios

As atividades que influenciam diretamente no cotidiano da sociedade, os chamados negócios de impacto social, são um nicho de mercado crescente e que, no ano de 216, contaram com o impulso do SEBRAE/RS. O Programa Agir – Aceleração e Geração de Impacto Social no RS, com duração de seis meses, atendeu 13 micro e pequenas empresas (MPEs) por meio de consultorias e atividades para estruturarem melhor o seu modelo de crescimento, de receita e de impacto.

O encontro final do programa contará com um fórum, com o caso de sucesso da Insecta Shoes e apresentação das quatro empresas participantes que obtiveram resultados mais expressivos (Colibri, Um por Cento, Re-ciclo, Igualla e Químea). Conforme explica a gestora da iniciativa pelo SEBRAE/RS, Lucimara Miceli, os negócios desenvolvidos pelas empresas fazem parte de diversos segmentos, com destaque para a área da saúde, reaproveitamento, educação, sustentabilidade e acessibilidade. “O foco desses empreendimentos não é uma ação pontual, mas sim um conjunto que impacta na sociedade como um todo”, aponta.

A metodologia utilizada no projeto foi baseada em três focos principais, ajudando as empresas a encontrarem modelos de crescimento, receita e impacto, com monitoramento e acompanhamento pelo Caminho Empreendedor. Além disso, foram realizadas consultorias individuais com carga horária de 20h de forma presencial e a distância. “O encontro final será uma oportunidade para que esses participantes apresentem seus projetos a fim de realizar networking e captar possíveis investimentos por parte de outros integrantes do ecossistema desse segmento”, ressalta Lucimara.

O técnico do SEBRAE/RS Tulio Josue Pinheiro dos Santos, que acompanhou o desenvolvimento das atividades, comenta que a rotina de atividades foi intensa e que foi possível encontrar resultados já no andamento do programa. O encerramento, que será através do Fórum de Negócios de Impacto Social, servirá para que os empresários detalhem a sua participação, elencando o aproveitamento das atividades e, ainda, unir os principais atores desse ecossistema para fortalecer ainda mais o nicho de mercado. “Todas as ações foram desenvolvidas tanto com base no perfil e empolgação do empresários quanto nos resultados que queríamos trazer para eles, ou seja, ajudá-los a encontrar o seu modelos de crescimento, receita e impacto”, disse.

Entre as propostas trabalhadas destacam-se as ações estratégicas para modelagem do negócio, testes de mercados para verificação se o produto ou serviço era viável economicamente e apresentação de diferentes tipos de investimentos de impacto. “Fazer com que eles percebessem o conjunto de valores deste nicho foi muito importante para a realização do programa, que terá uma nova turma em 2017”, antecipa Santos. A apresentação de resultados ocorre hoje, 12 de dezembro, a partir das 19h, no Nós Coworking (Anexo 2 do Shopping Total, na Avenida Cristóvão Colombo, 545).

Programação:

19h – Recepção

19h15 – Abertura do Fórum

19h40 – Abertura do Painel

19h45 – Guilherme Braga, da Egalitê

20h – Larissa Kroeff, da Meu Copo Eco

20h15 – Perguntas do painel

20h40 – Pitches empresas AGIR

21h20 – Entrega certificados

21h30 – Happy hour e networking