Movimento SANGUE FARRAPO organiza manifestação pró-impeachment no domingo de Páscoa

Movimento SANGUE FARRAPO organiza manifestação pró-impeachment no domingo de Páscoa

Cidade Comportamento Notícias Poder Política Porto Alegre

Indignados com a situação político-econômica do Brasil, três amigos começaram o movimento Sangue Farrapo, que em quatro dias atingiu 3000 curtidas em sua página no Facebook. “Os brasileiros não aguentam mais a corrupção em que está mergulhado o Brasil. A indignação é geral e quem não está revoltado com a corrupção, é porque se beneficia dela”, fala Maurício Rezende, um dos organizadores do movimento. Com apoiadores em todas as cidades do Rio Grande do Sul, a passeata a cavalo, marcada para as 14h de domingo, dia 27/03, vai sair do Parque Harmonia em direção ao Parcão e entoará o Hino Rio Grandense e o Hino Nacional com carro de som e auto-falantes. Só participarão pessoas cadastradas no movimento.
Para Maurício Rezende, o Brasil vive hoje um momento de caos político e pouca representação. “Um dos objetivos é fazer com que nossas diretrizes cheguem a Brasília, mas temos a consciência de que primeiro precisamos estar fortalecidos em nosso estado”, diz Maurício. Apoiado pelo Vem Pra Rua, pelo Movimento Brasil Livre e La Banda Loka Liberal, o Sangue Farrapo vem reunindo muitas pessoas entre os gaúchos tradicionalistas. “Começamos combinando o assado de domingo e depois que estourou o assunto corrupção, ninguém falava de outra coisa e os números de participantes só foram crescendo”, fala Maurício.
O movimento tem o enfoque no combate irrestrito à corrupção, é pró impeachment da atual presidente da República, apoia que sigam as investigações conta o ex presidente Lula e que sejam mantidas a autonomia dos órgãos fiscalizadores. “Não somos um movimento partidário, defendemos o combate à corrupção e o julgamento de todos os políticos comprovadamente envolvidos em corrupção”. O movimento também cobra o posicionamento dos deputados do Rio Grande do Sul. “Os gaúchos precisam saber de que maneira eles estão representando o povo gaúcho”, fala.

O evento apoiado pelo MBL, VPR e La Banda Loka Liberal, tem autorização da Brigada Militar, Secretaria da Agricultura, EPTC e DMLU, que darão todo o suporte necessário.

Programação:
27/03 (domingo):
13:00 – Chegada ao Parque Harmonia em Porto Alegre
14:00 – Concentração para saída
15:00 – Saída do Parque Harmonia em direção ao Parcão

Trajeto:
– Saída do Parque da Harmonia
– Subiremos a Rua Duque de Caxias em direção ao Palácio Piratini
– No Palácio Piratini será feito um ato simbólico aonde será cantado o Hino do Rio Grande do Sul por César Oliveira e Rogério Melo
– Seguiremos em direção ao Parcão pela Av. Independência e Av. 24 de Outubro
– Chegaremos ao Parcão, aonde faremos mais um ato simbólico com os outros movimentos apoiadores, onde ocorrerá a troca de bandeiras e o Hino Nacional.