Romero Jucá diz que conversa sobre Lava Jato foi publicada “fora de contexto”

Romero Jucá diz que conversa sobre Lava Jato foi publicada “fora de contexto”

Notícias Poder Política

Em entrevista coletiva por volta do meio-dia desta segunda-feira, o ministro do Planejamento do governo interino de Michel Temer, Romero Jucá (PMDB-RR), negou denúncias de que teria tentado obstruir as investigações da Operação Lava Jato. O político alega que as declarações citadas em matéria do jornal Folha de São Paulo foram publicadas “fora de contexto”.

Segundo Jucá, a “sangria” à qual se referiu em conversa com o ex-presidente da Transpetro, Sérgio Machado, seria a atual crise econômica, e não a operação da Polícia Federal contra a corrupção.

O ministro garantiu ter tranquilidade para lidar com as denúncias e reafirmou que não vai pedir demissão do cargo. “Nunca cometi e nunca cometerei qualquer ação que possa obstaculizar a Lava Jato ou qualquer outra ação. Se eu tivesse telhado de vidro, não teria assumido a presidência do PMDB no momento de crise com o PT”, alegou.

Ao defender a ofensiva contra a corrupção, Jucá destacou, no entanto, que lamenta a descrença generalizada na classe política. “É muito importante que a sociedade saiba separar o joio do trigo. Não pode pairar desconfiança generalizada. Descredenciar a política e fazer com que todos pareçam iguais não é um bom caminho”, apontou. (Rádio Guaíba)