Morre o narrador esportivo Roberto Brauner

Morre o narrador esportivo Roberto Brauner

Destaque

Trabalhei uma década com Roberto Brauner, na Rádio Gaúcha mas só vim a atuar com ele na Bandnews, quando a emissora resolveu fazer alguns jogos especiais. Era uma grande figura e deixa saudades nos que conviveram com sua narração criativa, entre suas marcas: “O escanteio de pé trocado, perigo dobrado.” e na hora de chamar tempo e placar o, “Tudo bem pelo 100, 49 e 25 também!”. Carlos Roberto de Freitas Brauner, nasceu em Pelotas, 7 de novembro de 1951 e faleceu hoje  (07/10/2016), em Porto Alegre.

Começou a trabalhar com apenas 11 anos na Rádio Difusora de Pelotas. No dia 2 de fevereiro de 1978 estreou na Rádio Gaúcha fazendo a final da Copa do Governador entre Brasil de Pelotas e Esportivo de Bento. Permaneceu na rádio por mais de 20 anos. Brauner cobriu as copas do mundo de 78,82,86,90,94,98,2002. Foi pioneiro no estado na narração de outras modalidades, que não futebol, narrou o Tri campeonato de Ayrton Senna, jogos de Gustavo Kuerten na Copa Davis, jogos de vôlei da Frangosul , de basquete do Corinthians de Santa Cruz, 24 horas de Tarumã, Maratona de Porto Alegre… Cobriu as Olimpíadas de Atlanta 96. Em 1999 se transferiu à Rádio Pampa onde permaneceu até o fim do departamento de esportes da emissora,em 2007. Ganhou três Prêmios Press de melhor narrador esportivo em 2000,2001 e 2002. Apresentou o programa matutino Grande POA na Rádio Bandeirantes Porto Alegre entre 2007 e 2009,quando transferira-se à Rádio Eldorado de Criciúma.

Sobre Brauner, escreveu Mario Lima, em sua página do Facebook: ” Dia triste para todos que conviveram com o querido Roberto Brauner,um cara do bem e grande narrador esportivo.Trabalhamos em prefixos diferentes desde os anos oitenta e dividimos muitas viagens e muitas mesas com muitas histórias ao final de cada transmissão.O Bob como eu o chamava não passou em vão neste plano.Vá em paz parceiro .”

O velório acontece entre 15hs e 20hs, no Cemenitério São Miguel e Almas, onde o corpo será sepultado.

 

 

Marco Antônio Pereira anuncia saída da Gaúcha. Radialista informou nas redes sociais que se desligou da emissora

Marco Antônio Pereira anuncia saída da Gaúcha. Radialista informou nas redes sociais que se desligou da emissora

Comportamento Comunicação Esporte Negócios Notícias

Um dos problemas de você ficar sem celular por cerca de 30 horas é se deparar com notícias como esta. Se alguém tentou me avisar, muito obrigado. Como deixei publicado nas minhas páginas do Facebook, um problema técnico no celular me deixou sem comunicação.  O que fiz? Resolvi curtir minhas férias e fiquei “off total”. Aí na madrugada quando resolvo descolar um computador e dar uma olhada no que aconteceu na sexta-feira fico sabendo pela manchete da Coletiva.net, que o grande Marco Antônio Pereira saiu da Rádio Gaúcha. Para quem é do meio a notícia não surpreende. Há algum tempo que circula a informação sobre a possibilidade de saída circula. O texto postado, 19h33, portanto pós expediente é bem curto:

“No fim da tarde desta sexta-feira, 9, o comunicador Marco Antônio Pereira da Silva informou por meio de rede social que não faz mais parte da equipe da rádio Gaúcha. Em comunicado, disse que em breve anunciará novidades.

Leia o comunicado:

Amigos,
Não faço mais parte da equipe da rádio Gaúcha.
Em breve novidades!!! Obrigado pelo carinho!”

Como é madrugada não ligaria para ninguém, mas a situação se agrava porque estou sem celular e não sei o número de ninguém “de cabeça”… Por isso, ao longo do final de semana vou procurar me informar melhor sobre o destino do Marco. Não sei para onde ele vai, mas sei que levará com ele uma legião de fãs que gostam do estilo preciso de narração que ele realiza. para quem não nunca ouviu ou leu sobre a trajetória de um dos grandes narradores de futebol do Brasil indico a leitura e audição do projeto Vozes do Rádio, da Famecos/PUC.