Morre Eva Sopher. Presidente da Fundação Theatro São Pedro tinha 94 anos e comandava instituição desde 1975

Morre Eva Sopher. Presidente da Fundação Theatro São Pedro tinha 94 anos e comandava instituição desde 1975

Cultura Destaque

A D.Eva Sopher, presidente da Fundação Theatro São Pedro morreu nesta quarta-feira, em sua residência, na Capital gaúcha. O velório acontece a partir das 11h desta quinta-feira, no palco do São Pedro. O Governador José Ivo Sartori decretou luto oficial de três dias no Estado. No Twitter do governo gaúcho, a mensagem sobre o falecimento diz: Carinhosa guardiã do Theatro São Pedro e empreendedora cultural, a querida Eva Sopher nos deixou nesta quarta-feira, aos 94 anos. Nossos sentimentos aos familiares e amigos e nosso agradecimento eterno por ser uma guerreira da cultura gaúcha . Já o ator e diretor Zé Adão Barbosa, escreveu em sua página do Facebook: “Uma guerreira, uma mulher que construiu um teatro, uma amiga querida. A cultura perde um ícone.” Em nota aOpus Promoções lamentou profundamente o falecimento de Eva Sopher, presidente da Fundação Theatro São Pedro. São muitas memórias que nos unem em um laço eterno. Eva dedicou sua vida em benefício da cultura e nos deixa um legado repleto de espetáculos inesquecíveis, dedicação e amor à arte.  Será sempre lembrada com orgulho e muito carinho pela classe artística brasileira. 

“Estou consternado, muito triste. Graças ao nosso trabalho em prol da cultura, sempre estivemos próximos. Desde a Pro Arte, antes do Theatro São Pedro e, mesmo logo após a sua inauguração, estivemos juntos em muitos projetos. Tive a oportunidade de trabalhar dez anos ao lado da Eva e foi uma experiência de vida. Quando a Opus completou 15 anos, editamos o livro A Doce Fera, em homenagem a ela. Eva foi uma pessoa muito especial para mim. Me tratava como um filho e sempre retribui esse sentimento com muito carinho. Nosso último encontro foi no Teatro do Bourbon Country, na comemoração de 40 anos da Opus. Não esqueceria do nosso último abraço e de suas palavras. Eva disse estar muito orgulhosa. Lembrarei dela para o resto da vida”, Geraldo Lopes, fundador da Opus Promoções.

Eva Sopher, foi uma grande incentivadora das atividades da Orquestra Sinfônica de Porto Alegre (Ospa). A Fundação Ospa lamenta a partida da presidente da Fundação Theatro São Pedro, uma das mais conhecidas personalidades da cultura no Rio Grande do Sul. “A Dona Eva foi uma parceira muito presente em diferentes momentos da história da Ospa. Seu legado junto ao Theatro São Pedro é enorme, mas também se estende para as outras instituições culturais do estado”, afirma Ivo Nesralla, presidente da Fospa. A orquestra presta solidariedade à família e aos amigos de Eva Sopher, e reafirma a sua admiração pelo consistente trabalho que ela desenvolveu ao longo de décadas de dedicação à cultura.

Nascida em Frankfurt, Alemaha( 18 de junho de 1923) ela foi uma empreendedora cultural teuto-brasileira. Tornou-se conhecida por seu trabalho bem-sucedido para a recuperação do Theatro São Pedro, um dos marcos mais importantes da cidade de Porto Alegre, após um longo período de decadência. De família de origem judaica, Eva Sopher emigrou da Alemanha para o Brasil em 1936, aos treze anos de idade, em razão da perseguição nazista. Ligou-se ao grupo Pro Arte de Theodor Heuberger, no Rio de Janeiro, e depois se fixou em São Paulo, onde estudou arte, desenho e escultura no Instituto Mackenzie.

Em 1950, adquiriu nacionalidade brasileira e, em 1960, transferiu-se para Porto Alegre, já estando casada com Wolfgang Klaus Sopher. Nessa cidade, Eva reativou o Pro Arte a pedido de Heuberger, organizando concertos, espetáculos de teatro e apresentações de grandes orquestras ao longo de mais de duas décadas, trazendo a Porto Alegre artistas como Jean-Pierre Rampal, Pierre Fournier, Narciso Yepes, Mauricio Kagel, o I Musici, a Orquestra de Câmara de Jean François Paillard, Sir John Barbirolli e a Orquestra Hallé, a Orquestra de Câmara de Moscou, e a Orquestra Sinfônica de Israel, regida por Zubin Mehta. Sua casa se tornou um ponto de reunião de intelectuais gaúchos.

Em 1975, Eva Sopher assumiu a direção do Theatro São Pedro, para gerenciar as obras de sua restauração, continuando a dirigi-lo depois de sua reabertura em 1984, ora como Presidente da Fundação Theatro São Pedro. Já foi homenageada diversas vezes por seu trabalho cultural, destacando-se o recebimento da Medalha do Mérito Farroupilha, a maior honra concedida pelo Legislativo gaúcho, o prêmio Personalidade Top Ser Humano 2008 da Associação Brasileira de Recursos Humanos, seccional Rio Grande do Sul, uma das premiações mais cobiçadas do país na área de Recursos Humanos, e a sua escolha como patronesse do festival Porto Alegre em Cena de 2006.

Em 2015 recebeu a “Medalha de Goethe” (Goethe-Medaille) do Instituto Goethe na Alemanha pelo seu trabalho como presidente do Theatro Sao Pedro de Porto Alegre onde, segundo a justificativa do prêmio, criou “um local de encontro internacional para artistas de todos os estilos”.

A data de 07 de fevereiro, registra também a morte em 2014, aos 56 anos do músico e ator Nico Nicolaiewsky, um dos artistas recordista em apresentações no palco do Theatro São Pedro.  Confira a nota assinada pela D.Eva:

Hoje a cidade de Porto Alegre acordou triste

O Theatro São Pedro está de luto pelo falecimento de Nico Nicolaiewsky e a Sbórnia entristecida, pois perdeu hoje um de seus maiores talentos, o Maestro Pletskaya.

Quem quiser prestar homenagem ao nosso grande amigo poderá vir ao Theatro São Pedro, onde ele será velado, e que foi também o local em que o artista se apresentou por mais de 29 anos.

Hoje à tarde serão prestadas homenagens de diversos amigos no local. O horário para visitação inicia às 18h e segue até as 24h de hoje (07/02) e amanhã (08/02) reiniciará após as 9h, seguindo até o final da tarde.

Com pesar, porém com boas lembranças!

Eva Sopher e Equipe do Theatro São Pedro

 

Teatro Feevale comemora cinco anos de atividades com Festa Aberta ao Público

Teatro Feevale comemora cinco anos de atividades com Festa Aberta ao Público

Cultura Notícias

Inaugurado em 20 de setembro de 2011, o Teatro Feevale se tornou parte da história cultural e profissional de Novo Hamburgo. A casa de espetáculos que comemora cinco anos de atividades no próximo mês já recebeu mais de meio milhão de pessoas envolvidas em shows, peças de teatro, palestras e formaturas. O quinto aniversário do espaço será celebrado no dia 7 de setembro, às 19h, com uma grande festa aberta ao público. O espetáculo Viva o Teatro, criado especialmente pela equipe da casa, reunirá o Movimento Coral Feevale e a banda The Dogs para interpretar um repertório com clássicos do rock. O evento ainda terá a personagem Tia Herta como mestre de cerimônias para garantir leveza, descontração e muitas risadas durante toda a noite. Os ingressos para a comemoração podem ser retirados gratuitamente. Confira o serviço completo no fim do texto.

A data também marcará a abertura da mostra fotográfica Sobre Atos e Cenas no Espaço Cultural Feevale, projeto educativo localizado no 4o andar do teatro. A exposição, organizada pelos professores Anderson de Souza e Laura Rueda, reunirá registros históricos, materiais, objetos e imagens que contam um pouco da trajetória deste jovem “gigante” que, em seus cinco anos de vida, já contou e tem para contar muitas histórias.

Um dos protagonistas desta história é o fotógrafo Diego Soares, que, desde 2014, tem acompanhado todos os eventos do Teatro Feevale, eternizando momentos únicos. Sempre atento a detalhes do palco e plateia, é um cronista visual destes momentos inesquecíveis.

Outro destaque da exposição são os trabalhos desenvolvidos por estudantes dos cursos de Artes Visuais, Fotografia e Moda, que foram convidados a criarem propostas artísticas que dialogassem com as fotografias de Diego, e, consequentemente, com a história do teatro que também faz parte da história da Universidade Feevale. Até o dia 7 de outubro, a mostra estará aberta ao público gratuitamente e oferecerá visitas guiadas de segunda a sexta, das 14h às 18h.

O aniversário também terá propostas artísticas que vão além das paredes do 4º andar, se abrindo para o seu exterior. No mês de setembro, será feita uma intervenção artística que ocupará uma das paredes do estacionamento do teatro para criar umagaleria à céu aberto. Com coordenação do professor Júlio César Herbstrith, serão selecionados cinco alunos da universidade para grafitar o local.

Desenvolvido pelo arquiteto Alan Einsfeldt, sob a administração da Associação Pró-Ensino Superior em Novo Hamburgo(Aspeur) e da Universidade Feevale, o espaço atende as necessidades da instituição de ensino com um ambiente próprio para realizar eventos acadêmicos. Com regência de uma das maiores produtoras do país, a Opus Promoções, a casa é também cenário para diversas produções artísticas, e colocou a região do Vale do Sinos no roteiro de espetáculos nacionais e internacionais.

“O Teatro Feevale é um dos principais palcos para a cultura e o entretenimento do Estado. A Opus Promoções, desde que iniciou a parceria com a Universidade, se mostrou disposta a fortalecer os laços que unem as artes e a academia. O espaço cultural não é somente morada de artistas, músicos e pensadores, mas também de toda a comunidade acadêmica. É motivador e altamente gratificante fazer parte dessa história e desse ambiente transformador. Há cinco anos levamos programação de qualidade à região, incentivamos as produções locais e acompanhamos o aprendizado de milhares de estudantes que concluem suas graduações. Somos palco de sonhos e também de realizações”, avalia o Presidente da Opus Promoções, Carlos Konrath.

“Quem um dia imaginou que o Rei Roberto Carlos ou o tenor espanhol José Carreras viriam se apresentar em Novo Hamburgo? Ou então que o nosso Movimento Coral Feevale fosse dividir o palco com um dos nomes mais expressivos da música popular brasileira, o Benito Di Paula! Que a plateia lotada cantaria a Canção das Américas para Milton Nascimentoouvir! Que Gilberto Gil, Caetano Veloso e Chico Buarque lançariam seus álbuns no nosso palco? Que Marisa Montetransformasse a ilusão em verdade. Que os cubanos do Buena Vista Social Club incluiriam Novo Hamburgo na rota da turnê internacional, liderados pela encantadora Omara Portuondo. Que bailarinos russos, irlandeses, ucranianos, portugueses, argentinos e tantos outros grupos bailassem lindamente sobre nosso linóleo?”, reflete a Gerente do Teatro Feevale, Patrícia Scossi.

Nesses cinco anos, o teatro também teve momentos inesquecíveis como o show lotado de Victor & Leo, o encantamento de diferentes gerações na noite em que Renato Teixeira e Sérgio Reis subiram juntos no palco da casa, além de representações de clássicos do rock brasileiro nas vozes e nas guitarras de bandas como Titãs e Os Paralamas do Sucesso. O espaço ainda recebeu a última apresentação de Rita Lee no Rio Grande do Sul antes da cantora anunciar sua aposentadoria, e teve datas de movimento intenso como as em que Augusto Cury e Fábio Porchat lotaram duas sessões em um mesmo dia.

Com a utilização dos mais modernos mecanismos cênicos, desde os equipamentos de bastidores, da iluminação, acústica, aos elementos para o conforto, segurança e acessibilidade ao público, o teatro é constantemente reconhecido e elogiado pelos artistas que nele se apresentam. O livro de depoimentos da casa guarda palavras de artistas como Paulo Gustavo que escreveu que foi “uma honra se apresentar em um teatro tão lindo”. Caetano Veloso não poupou elogios: “Excelente este teatro! Adorei. Acústica, palco, tudo. Quero voltar muitas vezes”. Padre Fábio de Melo disse que “aqui a música ressoa solidária” e Beth Carvalho deixou registrada sua paixão pela plateia com a frase “que público maravilhoso!”.

Em sua passagem pela casa em março de 2012, Amir Klink também emocionou a instituição com suas palavras. “Adorei o “barco” de vocês! A unidade do projeto, o tamanho, o aconchego, a estrutura e o acabamento. Grande privilégio para uma comunidade ter uma casa assim. Que ela seja terra fértil de muitas transformações!”, escreveu o navegador.

Dados e números do espaço

O espaço cultural tem cerca de 10.500m²;

Pode receber até 1.831 espectadores;

Possui seis setores para acomodar o público: frisas, balcão nobre, plateia alta, plateia baixa e camarotes;

O palco, em estilo italiano, está projetado com área total de mais de 500m², altura de 19m, largura de 36m e profundidade de 15m;

A acústica tem qualidade impecável, respeitando a variação de áudio dos diversos tipos de eventos, sem comprometer a clareza de cada um deles;

Em cinco anos, mais de 578 mil pessoas estiveram no teatro em eventos culturais e acadêmicos;

Mais de 500 eventos já foram realizados no local;

Com projetos culturais e de contrapartida social, a casa já recebeu gratuitamente mais de 193 instituições tendo doado 8.068 ingressos.

Próximos eventos

31 de agosto – Nenhum de Nós canta Beatles

3 de setembro – Babu Santana com o espetáculo Gostava Tanto de Você

6 de setembro – Ira! Folk

9 de setembro – Daniel in Concert

11 de setembro – Tiago Iorc

18 de setembro – Guri de Uruguaiana

20 de setembro – Masha e o Urso

20 de setembro – Festival de Humor

21 de setembro – Palestra com o juiz Sergio Moro

1o de outubro – Almir Sater

7 de outubro – Lucas Rangel

8 de outubro – Patati Patatá

29 de outubro – Paulinho Mixaria

10 de outubro – Beatles Abbey Road

17 de outubro – Lubafest

Quem constitui o teatro

Patrícia Scossi – Gerente

Milena Gomes – Supervisora de Operações

Marcela Boll – Assistente Administrativo Financeiro

Bruna Ludvig – Recepcionista

Carla Viviane da Silva – Atendente de Bilheteria

Patrícia Schmitt – Atendente de Bilheteria

Elisandro Damazio – Coordenador Técnico

Silvano Chagas – Técnico de Palco e Manutenção

Opus Promoções – Administração

Apoiadores da Programação do Teatro: Bradesco, Coca-cola, Zaffari e Tramontina

Projeto de Extensão Movimento Coral Feevale

Coordenação: Denise Blanco Sant’Anna

Preparação Vocal: Ana Claudia Specht

Regência e Arranjos para Coro e Grupo Instrumental: Louis Marcelo Illenseer

Banda convidada: The Dogs

SERVIÇO

VIVA O TEATRO!

Dia 7 de setembro

Quarta, às 19h

Teatro Feevale (ERS-239 – Campus II da Universidade Feevale)

www.teatrofeevale.com.br

ENTRADA FRANCA MEDIANTE APRESENTAÇÃO DE INGRESSO RETIRADO PREVIAMENTE*

*máximo de dois ingressos por pessoa

LOCAIS PARA RETIRADA DE INGRESSOS

Rua Coberta, Câmpus II, Universidade Feevale: em Novo Hamburgo

(de segunda a sexta, das 13h às 21h, e sábado, das 9h às 14h). Mais informações pelo telefone 3271-1208

Bourbon Shopping Novo Hamburgo: Av. Nações Unidas, 2001 – 2º Piso / Centro de Novo Hamburgo (de segunda a sábado, das 13h às 20h).

No local: somente na data da apresentação, duas horas antes do espetáculo ter início.

Teatro: Otávio Müller apresenta em Porto Alegre o espetáculo A VIDA SEXUAL DA MULHER FEIA, texto da grande Claudia Tajes

Teatro: Otávio Müller apresenta em Porto Alegre o espetáculo A VIDA SEXUAL DA MULHER FEIA, texto da grande Claudia Tajes

Agenda Cidade Comportamento Cultura Notícias Porto Alegre Publicidade

A Claudia Tajes é um dos destaques de uma geração de talentosas escritoras gaúchas. Ela nasceu em Porto Alegre, aqui se tornou redatora publicitária e estreou na literatura com Dez (Quase) Amores (L&PM Editores, 2000), a estreia foi um sucesso e ela seguiu escrevendo crônicas ma-ra-vi-lho-sas em jornais e revistas e para nossa sorte, que sempre queremos novas ideias e belos textos… não parou mais  de publicar lançar livros. Na sequência seguiram-se, As Pernas de Úrsula & Outras Possibilidades (L&PM Editores) e o romance Dores, Amores & Assemelhados (L&PM Editores), Louca por homem (L&PM), Vida dura (L&PM POCKET) ,Só as mulheres e as baratas sobreviverão (L&PM Editores), Por isso eu sou vingativa (L&PM Editores) entre outros.  A entrevistei na Band, em todos anos que cobri a Feira do Livro de Porto Alegre e a Claudinha lançou livros na Praça da Alfândega. Sempre um bom papo. Há algum tempo resolveu ser também roteirista de TV e Cinema e como na literatura mostra muito talento. Pois chegou a hora de vermos a montagem teatral do Otávio Müller, para A vida sexual da mulher feia, livro lançado em 2005 pela L&PM Editores, Não é a primeira vez e nem será a última que os textos da Claudia Tajes, serão adaptados para o Teatro. Amigos que viram no Rio de Janeiro, foram só elogios a direção e atuação do grande Otávio Müller.  Não conheço pessoalmente, mas lembro do Otávio desde a primeira participação em novelas, o Sardinha, em Vale Tudo. Minha memória não é tão boa assim, mas naquela época o capítulo seguinte da trama que questionava: Quem matou Odete Róitman? Era mais aguardada que a próxima temporada de House Of Cards. E se seguiram muitos outros personagens até o Djalma, de Tapas & Beijos.

Pois bem, os talentos de Claudia e Otávio se encontraram e agora o ator e diretor vem a Porto Alegre apresentar o espetáculo A Vida Sexual da Mulher Feia. Baseado no livro homônimo de Claudia Tajes, sucesso absoluto em vendas, a montagem não deixa nenhuma mulher ou homem imune à insegurança da personagem. Afinal, quanto mais se olha no espelho, mais imperfeições aparecem. Com a crueza de um consultório de terapeuta, é possível acompanhar suas aventuras amorosas, primeiro beijo e primeira transa. Em seu livro, Claudinha Tajes criou uma protagonista sem rosto, não esmiuçou descrições físicas, não impôs uma caracterização isolada. Esse recurso facilita a identificação ampla e abrangente do público. Na peça, o ator dá vida à Maricleide, que goza de uma autocrítica impagável e não perde tempo em se indispor à ditadura da beleza.

Quem nunca esteve acima do peso? Quem nunca se viu apavorado ao constatar os estragos feitos pelos hormônios da adolescência? Ao acompanhar os relatos hilários do diário amoroso da personagem, a identificação é inevitável, o que faz com que a história se torne ainda mais engraçada. Afinal, tem coisa melhor do que rir de nós mesmos? Não se trata da risada sádica, que segrega as formosas das horríveis e aponta o dedo para torturar, e sim da risada generosa e solidária, imbuída da reflexão e do combate aos condicionamentos. No fim das contas Maricleide descobrirá que mulher feia não é uma questão de aparência e sim um estado de espírito.

Embarcando no sucesso do livro, o espetáculo agrada a todos – homens e mulheres, feios ou não. Afinal, todo homem já se sentiu o próprio Shrek algum dia e até a princesa mais linda já teve o seu dia de Fiona.

As apresentações, com realização da Opus Promoções e da Chaim Produções, acontecem no Teatro do Bourbon Country. Os ingressos já estão à venda. Confira mais informações abaixo

 

SERVIÇO

A VIDA SEXUAL DA MULHER FEIA

Dias 2 e 3 de julho
Sábado, às 21h

Domingo, às 20h

Teatro do Bourbon Country (Av. Túlio de Rose, 80 / 2º andar – Shopping Bourbon Country)
www.teatrodobourboncountry.com.br

Realização: OPUS PROMOÇÕES e CHAIM PRODUÇÕES

Duração: 80 minutos

Classificação: 14 anos

INGRESSOS

Galeria

R$ 60,00

Mezanino

R$ 80,00

Plateia Alta

R$ 120,00

Plateia Baixa

R$ 140,00

Camarote

R$ 140,00

– 50% de desconto para sócios do Clube do Assinante RBS – limitado a 100 ingressos;

– 50% de desconto para titular e acompanhante dos cartões Zaffari Card e Bourbon Card, adquiridos somente na bilheteria do Teatro do Bourbon Country – limitado a 100 ingressos;

– 50% de desconto para titulares do Cartão Alelo Cultura, na compra de um ingresso, pago com o Cartão Alelo Cultura (vale-cultura), adquirido somente na bilheteria do Teatro do Bourbon Country – limitado a 100 ingressos;

– 10% de desconto para sócios do Clube do Assinante RBS nos demais ingressos.

* Crianças até 24 meses que fiquem sentadas no colo dos pais não pagam;
** Política de venda de ingressos com desconto: as compras poderão ser realizadas nos canais de vendas oficiais físicos, mediante apresentação de documentos que comprovem a condição de beneficiário. Nas compras realizadas pelo site e/ou call center, a comprovação deverá ser feita no ato da retirada do ingresso na bilheteria e no acesso à casa de espetáculo;

*** A lei da meia-entrada mudou: agora o benefício é destinado a 40% dos ingressos disponíveis para venda por apresentação. Veja abaixo quem têm direito a meia-entrada e os tipos de comprovações oficiais no Rio Grande do Sul:
– IDOSOS (com idade igual ou superior a 60 anos) mediante apresentação de documento de identidade oficial com foto.
-ESTUDANTES mediante apresentação da Carteira de Identificação Estudantil (CIE) nacionalmente padronizada, em modelo único, emitida pela ANPG, UNE, UBES, entidades estaduais e municipais, Diretórios Centrais dos Estudantes, Centros e Diretórios Acadêmicos. Mais informações: www.documentodoestudante.com.br
– PESSOAS COM DEFICIÊNCIA E ACOMPANHANTES mediante apresentação do cartão de Benefício de Prestação Continuada da Assistência Social da Pessoa com Deficiência ou de documento emitido pelo Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), que ateste a aposentadoria de acordo com os critérios estabelecidos na Lei Complementar nº 142, de 8 de maio de 2013. No momento de apresentação, esses documentos deverão estar acompanhados de documento de identidade oficial com foto.
– JOVENS PERTENCENTES A FAMÍLIAS DE BAIXA RENDA (com idades entre 15 e 29 anos) mediante apresentação da Carteira de Identidade Jovem que será emitida pela Secretaria Nacional de Juventude a partir de 31 de março de 2016, acompanhada de documento de identidade oficial com foto.
– JOVENS COM ATÉ 15 ANOS mediante apresentação de documento de identidade oficial com foto.
– APOSENTADOS E/OU PENSIONISTAS DO INSS (que recebem até três salários mínimos) mediante apresentação de documento fornecido pela Federação dos Aposentados e Pensionistas do RS ou outras Associações de Classe devidamente registradas ou filiadas. Válido somente para espetáculos no Teatro do Bourbon Country e Auditório Araújo Vianna.
– DOADORES REGULARES DE SANGUE mediante apresentação de documento oficial válido, expedido pelos hemocentros e bancos de sangue. São considerados doadores regulares a mulher que se submete à coleta pelo menos duas vezes ao ano, e o homem que se submete à coleta três vezes ao ano.

****Caso os documentos necessários não sejam apresentados ou não comprovem a condição do beneficiário no momento da compra e retirada dos ingressos ou acesso ao teatro, será exigido o pagamento do complemento do valor do ingresso.

*****Descontos não cumulativos a demais promoções e/ ou descontos.

CANAIS DE VENDAS OFICIAIS (sujeito à taxa de conveniência):
Site: www.ingressorapido.com.br
Call Center: 4003-1212 (de segunda a sábado, das 9h às 21h, e domingos, das 12h às 18h)
Agência Brocker Turismo: Av. das Hortênsias, 1845 – Gramado (de segunda a sábado, das 9h às 18h30min, e feriados das 10h às 15h).
Rua Coberta, Campus II, Universidade Feevale: Novo Hamburgo (de segunda a sexta, das 13h às 21h, e sábado, das 9h às 14h). Mais informações pelo telefone 3271-1208
Bourbon Shopping Novo Hamburgo: Av. Nações Unidas, 2001 – 2º Piso / Centro de Novo Hamburgo (de segunda a sábado, das 13h às 21h).

CANAIS DE VENDAS OFICIAIS (sem taxa de conveniência):
Bilheteria do Teatro do Bourbon Country: Av. Túlio de Rose, nº 80 / 2º andar (de segunda a sábado, das 10h às 22h, e domingo e feriado, das 14h às 20h)