Porto Alegre: Copa Experience na GVERRI Store. Loja realiza mostra de camisetas históricas da Seleção Brasileira pertencentes a Dunga

Porto Alegre: Copa Experience na GVERRI Store. Loja realiza mostra de camisetas históricas da Seleção Brasileira pertencentes a Dunga

Agenda Cidade Destaque Esporte Negócios Notícias Porto Alegre

Contagiado pelo clima de Copa do Mundo, o capitão do tetra teve o desejo de abrir o seu acervo pessoal e compartilhar com o público camisetas de momentos históricos da Seleção Brasileira dos quais ele fez parte. A estilista Gabriela Verri, filha do eterno capitão, não pensou duas vezes e abraçou a ideia! Gabriela propôs que a exibição acontecesse em seu espaço, a GVERRI Store, e as marcas que participam da loja – Chiara Leather, Dulcet, Fernanda Filippis, HiLo, Invez, Noctua, Qüera, e Zila Fashion Store, junto com a GVERRI(marca da estilista) – apoiaram. Isto porque, além de comercializar produtos e dividir espaços, o objetivo da loja é estimular inovação, parcerias e cultura. Afinal, futebol faz parte da cultura brasileira, não é mesmo?

20180523_5889_rk_9993
Duda Streb Foto: Raul Krebs
34482977_2105170543035271_7651130886569590784_n
Gabi Verri e Sheila Liotti

Dunga escalou um time de craques para vestir esta coletânea em um ensaio realizado com a parceria da ESPM(Escola Superior de Propaganda e Marketing), quecedeu o seu estúdio para esta ação e fez a cobertura com os alunos do curso de jornalismo. Os convocados, retratados pelo professor Raul Krebs, são Duda Streb, Felipe Vieira, Nando Gross, Liz, Sheila Lioti, Sara Bodowsky, Pamela Zotis, Cris Matos e Duda Garbi. E o resultado? Ficou incrível! A ação voluntária de Dunga, ESPM e convidados rendeu frutos também para o Hospital da Brigada Militar, que receberá a doação de medicamentos da Ultrafarma, do empresário Sidney Oliveira, para tratamento de seus pacientes.

A mostra, que também contará com a colaboração da ESPM, acontece no próximo dia 09 de junho, das 14h às 18h, para clientes, convidados e imprensa. Alunos do curso de moda participarão da produção e montagem dos manequins nos quais as camisetas estarão expostas. A GVERRI Store tem o prazer de receber os visitantes para degustar uma cerveja artesanal Altenbrück e vivenciar a experiência de admirar de perto essas raridades autografadas por granes ídolos, como Pelé, Carlos Alberto Torres, Belini, Neymar, Taffarel e o próprio Dunga – e algumas surpresas!

Para quem ficou curioso, do dia 11/06 ao dia 07/07 serão mostradas as camisetas, 2 a 3 por semana, na vitrine da loja. Passa lá na Dinarte Ribeiro, 50, para conferir. O horário de funcionamento é das 09h as 18h de segunda a sexta e das 10h as 16h aos sábados.

A GVERRI Store traz uma experiência única no segmento, onde várias marcas, com distintas propostas, são comercializadas em um mesmo lugar. O propósito do projeto colaborativo é impulsionar e dar destaque ao empreendedorismo local.

 

 

Serviço

Mostra de camisetas históricas da Seleção Brasileira

Local: GVERRI Store – Rua Dinarte Ribeiro, 50, Moinhos de Vento

Data: Sábado, 09 de junho de 2018

Hora: das 14h às 18h

/@gverristore

Brasil Campeão do Mundo de Futebol: Transmissão da final de 1958

Comunicação Notícias

https://youtube.com/watch?v=qd4TklxFOm8%3Frel%3D0

Há alguns dias conversamos na Rádio Guaíba sobre a tristeza de não podermos assistir tapes completos de jogos do passado. Hoje recebi do jornalista Gilberto Jasper, a final do Mundial de 58. pesquisei no google e encontrei referências da recuperação do material. Mesmo assim resolvi publicar, porque outras pessoas podem não saber desse trabalho que demorou 56 anos mas, desde 2014, possibilita ao torcedor brasileiro ver, na íntegra e com narração em português, o primeiro título Mundial de sua história no futebol. O responsável pelo resgate histórico foi o engenheiro Carlos Augusto Marconi, 64 anos, um especialista em telecinagem que montou um verdadeiro quebra-cabeças durante anos até concluir o trabalho em 2008.  No entanto, só depois de uma reportagem do jornal “Folha de S.Paulo”, o material foi disponibilizado no Youtube.
Para construir a transmissão da vitória brasileira por 5 a 2 diante dos donos da casa, a Suécia, o engenheiro utilizou áudio ambiente retirado de uma película inglesa, com imagens obtidas em 2006 e narradas em russo. Ele as usou como base em vídeo e cobriu as imagens com áudios de rádios brasileiras. O trabalho com o som foi ainda mais difícil. Além do áudio ambiente, ele queria usar narrações brasileiras da época. Mas os arquivos que obteve da Rádio Bandeirantes e da Rádio Nacional não tinham a narração completa. Cada um omitia uma parte do jogo. Por isso, ele resolveu juntar as duas. Como naquela época havia um narrador para cada lado do campo, a versão final ficou com quatro narradores. Faltou apenas um minuto do jogo para cobrir com o áudio, que ficou apenas com o som ambiente da partida.