Caçada Pokémon Go provoca caos no trânsito da Zona Sul de Porto Alegre

Caçada Pokémon Go provoca caos no trânsito da Zona Sul de Porto Alegre

Cidade Cultura Destaque Marchezan Porto Alegre Turismo
49938274_377871899606592_1798046264143642624_n
Zona Sul, 09h45 – Foto retirada das redes sociais

Dando mais uma demonstração de que não conhece as prioridades urbanas de uma grande cidade como Porto Alegre, a prefeitura afetou a vida de milhares de pessoas em razão do evento Pokémon Go Safari Zone que ocorre hoje, amanhã e domingo. A EPTC fechou a Avenida Beira-Rio sem apresentar nenhuma outra solução ou alternativa. O que obviamente em um dia normal provocou o caos na Zona Sul da Capital. Há relatos de pessoas que chegaram atrasadas nos seus locais de trabalho, em consultas médicas e compromissos previamente agendados porque a prefeitura resolveu ampliar o bloqueio, que já acontece aos sábados e domingos. E nesses dias o bloqueio – que já causa problemas – ainda assim mantém uma pista livre. Agora, as duas foram bloqueadas. A desculpa injustificável é dar segurança aos participantes que vão caminhar pelo local. Ao todo, 25 mil pessoas devem passar pela orla nos três dias de evento. Desci do carro e não vi esse povo lá caçando Pokémon. Pelo menos, o dobro disso precisa da via no mesmo horário para seus compromissos pessoais e profissionais.

Um trajeto, por exemplo, entre o Barra Shopping e o Beira Rio, que normalmente leva menos de dez minutos, na manhã de hoje estava levando quatro vezes mais. O bloqueio aconteceu às 8h30 da manhã e segue até as 20h de domingo. A interrupção na avenida Edvaldo Pereira Paiva, a partir da rua Nestor Ludwing até a rótula João Belchior Marques Goulart. Aí você vai no site da prefeitura e lê que o gerente de Fiscalização de Trânsito da EPTC, Paulo Ramires, explicando que, devido ao período de férias, não são esperados maiores transtornos ao trânsito, mesmo com a expectativa de grande público. E dá uma orientação. “É importante que as pessoas utilizem o transporte coletivo, seletivo, táxi ou aplicativos, pois a região não conta com áreas de estacionamento para o público esperado”, diz Ramires. Ou seja é importante que as pessoas usem o péssimo transporte que atende a região. A foto foi retirada das redes sociais da jornalista Carla Seabra. Porque eu ía até o Centro pela manhã, fui até o Barrashoppingsul e resolvi voltar para casa, tamanho era o engarrafamento. Para trabalhar hoje no SBT ao invés de sair de casa 20 minutos antes, vou sair uma hora antes, porque vai que uma invasão de Pokémons resolva bloquear ainda mais o trânsito que a EPTC. O Trânsito de Porto Alegre, já ruim e a prefeitura consegue piora-lo.

‘Pokémon Go’ começa a funcionar no Brasil.  Por enquanto, game não está disponível nas lojas de aplicativo; somente quem já tem o app instalado, a partir de lojas de terceiros, consegue caçar pokémons no País; por Redação Link /O Estado de S. Paulo

‘Pokémon Go’ começa a funcionar no Brasil. Por enquanto, game não está disponível nas lojas de aplicativo; somente quem já tem o app instalado, a partir de lojas de terceiros, consegue caçar pokémons no País; por Redação Link /O Estado de S. Paulo

Comportamento Comunicação Destaque Negócios Tecnologia

A espera pela captura de pokémons em território nacional chegou ao fim. O aguardado gamePokémon Go começou a funcionar no Brasil nesta quinta-feira, 3. Contudo, por enquanto, somente aqueles que já haviam baixado o aplicativo do game no smartphone estão conseguindo caçar pokémons no País. O aplicativo ainda não está disponível para quem busca na App Store e Google Play – lojas de aplicativos para iPhone e Android, respectivamente – brasileiras. A Niantic não confirma o lançamento iminente no Brasil, mas é provável que o game seja disponibilizado nas próximas horas. Confira a notícia completa em O Estado de São Paulo.