Adroaldo Streck autografa Dívidas de Gratidão nesta terça-feira na Livraria Saraiva do Praia de Belas Shopping

Adroaldo Streck autografa Dívidas de Gratidão nesta terça-feira na Livraria Saraiva do Praia de Belas Shopping

Cidade Comportamento Comunicação Cultura Direito Economia Educação Entrevistas Notícias Poder Política Publicidade Turismo

Ouço Adroaldo Streck desde sempre, ele está naquela parte afetiva da memória que a gente guarda da infância. A lembrança do Tio João lendo o Correio do Povo e ouvindo a Rádio Guaíba esta intacta. Confesso que esse foi um dos motivos, pelo qual eu sempre desejei trabalhar na Emissora. Desde 1986 entrevisto Adroaldo Streck, hoje pela manhã ele fez um bate-papo muito legal com o Rogério Mendelski, os dois são amigos de longa data. Mendelski foi produtor de Streck, no programa Agora, que hoje apresento na Rádio Guaíba e é o responsável pela apresentação de “Dívidas de Gratidão”.  No prefácio,  Mendelski pergunta: “E por que o leitor se interessaria pelas memórias de Adroaldo Streck?” Ele mesmo responde: “Por uma razão muito simples: Streck é uma personalidade gaúcha que se elegeu por três legislaturas para a Câmara dos Deputados, foi constituinte em 1988, mas antes já era um nome conhecido no nosso estado por sua atuação jornalística nos veículos da Caldas Júnior”.

Ouça aqui a entrevista que fiz com Adroaldo Streck na comemoração dos 40 anos do programa Agora/Rádio Guaíba

No livro, o advogado, jornalista e político gaúcho Adroaldo Streck paga uma dívida com ouvintes e leitores que ao longo dos 62 anos ininterruptos de jornalismo sempre pediram uma obra que contasse mais da sua vida pessoal e profissional. Dívidas de Gratidão registra suas memórias como se fosse uma coluna de jornal. As lembranças começam em Cerro Branco, passam por Cachoeira do Sul e pela Alemanha, Brasília e principalmente Porto Alegre. O leitor vai conhecer muitas histórias inéditas, algumas engraçadas, outras tristes e outras tantas com personalidades que fazem parte da história política do Brasil e do mundo. Ao participar rapidamente do programa, eu lembrei que a primeira vez que entrevistei um deputado federal pedindo impeachment de um presidente, foi Streck que queria a cabeça de José Sarney. Claro que com todo o poder do maranhense, o processo não teve andamento no Congresso Nacional.  Na saída antes da foto lá de cima, Streck repetiu basicamente o que escreveu na introdução da obra: “Quis escrever esse livro de memórias pessoais e profissionais para rememorar e agradecer tudo o que me foi oferecido. O título, Dívidas de Gratidão, reflete meu exato sentimento pelo tanto que recebi. Com esta frase sintetizo a publicação: Grato por tudo”. Gratos somos nós Adroaldo Streck!!

Dividas-de-Gratidao-Adroaldo-Streck_out15-778x1200O QUÊ: lançamento e sessão de autógrafos do livro Dívidas de Gratidão, de Adroaldo Streck.

QUANDO: terça-feira, 27 de outubro, às 18h30.

ONDE: Livraria Saraiva do Praia de Belas Shopping.

RBS define último dia da TVCOM no ar e emissora começa a operar em HDTV. Chique né?

RBS define último dia da TVCOM no ar e emissora começa a operar em HDTV. Chique né?

Cidade Comunicação Notícias Poder Publicidade Vídeo

Passava um pouco das cinco da tarde quando, na escada em frente ao prédio da RBS TV, o então presidente da empresa, Nelson Sirotsky, oficializava em um breve discurso a entrada no ar da TVCOM. Eu estava posicionado no estúdio da emissora na redação de Zero Hora. Lembro perfeitamente quando falou da ideia de fazer desse novo projeto algo “Glocal”. A intenção daquele time comandado pela Ligia Tricot era de fazer uma televisão focada na Grande Porto Alegre com uma visão gaúcha dos fatos que acontecessem além fronteiras. O modelo deveria, guardadas todas as proporções e megalomanias, ser uma espécie de NY1 ou, como diziam alguns mais exaltados, a CNN Gaúcha. A bem da verdade, diga-se que nunca ouvi isso das chefias, mas essa referência de que a RBS queria transformar a emissora em um canal de notícias 24 horas no ar, tal como a CNN, dos Estados Unidos foi feita inclusive em uma reportagem do Vídeo Show da Globo.

Pois bem, a TVCOM não virou NY1, nem CNN e “morrerá” antes de completar a maioridade. A emissora que completou 20 anos no dia 15 de maio, será tirada do ar dia 18 de outubro. Durante um 220px-Placa_TVCOMmês, vai operar em BETA como diz o pessoal da tecnologia. E, finalmente, dia 17 de novembro, entra no ar o novo projeto cujo nome, se já estiver definido, está sendo guardado a sete chaves MESMO. Um chave está com Duda Melzer, outra com Nelson Sirotsky, uma com Flavia Moraes (responsável pelo novo projeto) e as outras quatro, não arriscaria dizer. O que se sabe do projeto é que a nova TVCOM não se chamará OCTO. Ainda bem. O nome é ótimo para um projeto, mas péssimo para uma TV. Que entrará no ar com sinal digital e operando no canal 536 da NET Sul. Sim, nesta segunda-feira, 21 de setembro de 2015, a TVCOM está liberada pelo Ministério das Comunicações para operar em HDTV e a TVCOM HD confirmou o novo canal 536 em HD. Chique, né?!!!

O que se sabe da substituta da TVCOM que entrará no ar em 17 de novembro é que será algo muito moderno, multiplataforma, que deve unir diferentes meios, como rádio e televisão (o que na TVCOM não é novidade, porque lá na década de 90, já fazíamos isso – ou seja: há muito tempo), além de serviços on demand. Aí é que está a novidade.

Flavia Moraes, diretora de Inovação e Linguagem do grupo e responsável pelo projeto tem apresentado o OCTO em encontros reservados com publicitários, produtores e diretores de vídeo que ganharão espaço para apresentação de seus projetos. Segundo alguns deles, não está definida a forma como eles serão remunerados. Como tudo o que é moderno, o novo empreendimento terá facilidades para acessos em plataformas mobile e digital com muita interatividade. Pelo que entendi, a ideia é transformar o público “testemunha ocular da história” em repórter. Todo mundo enviando vídeos feitos pelos celulares ou mais produzidos para o novo canal que selecionaria o que iria ao ar pelo canal convencional ou através de outras plataformas. Uma espécie de youtube gaudério. Se isso estiver certo… O grande mistério que quero ver desvendado é: o que fará as pessoas preterirem o youtube pela ex-TVCOM ?! Sirvam nossas façanhas…

 

*Foto de Ricardo KADÃO Chaves: Rogério Mendelski, Tulio Milman, Jonas Campos e Eu. Primeiro time de apresentadores do Jornal TVCom e noticiários da TV. Éramos tão jovens…