Uma das fundadoras do Grupo Zaffari, Santina De Carli Zaffari morre aos 102 anos

Uma das fundadoras do Grupo Zaffari, Santina De Carli Zaffari morre aos 102 anos

Agenda Destaque Notícias Obituário

 

Morreu, neste domingo, Santina De Carli Zaffari, matriarca da família Zaffari e presidente emérita do Grupo Zaffari, aos 105 anos. Ao lado do marido, Francisco José Zaffari, Santina fundou o Grupo Zaffari, em 1935, na cidade de Erval Grande, no Alto Uruguai. Conhecida pela determinação, otimismo e religiosidade, Santina dedicou vida aos negócios e a família, formada por 12 filhos, 31 netos e 19 bisnetos.

De acordo com o comunicado da empresa, a matriarca, nascida em Caxias do Sul, “conduzia com sensatez e liderança a família e os negócios que fundou ao lado de seu marido, Francisco José”. Recém-casados, o casal se mudou para Erval Grande, na região do Alto Uruguai.

A partir dos anos 40, o negócio da família se expandiu e iniciaram a distribuição de combustíveis, além de transportar mercadorias para terceiros. Vinte anos depois, Santina, Francisco José e os filhos, que já trabalhavam no empreendimento, chegaram a Porto Alegre e abriram o primeiro atacado. Rapidamente, o comércio se transformou na primeira unidade da rede de autosserviço supermercadista do Grupo Zaffari.

“Para Santina De Carli Zaffari, o pequeno estabelecimento fundado em 1935 era o projeto de vida que permitiria ao casal prover o sustento de sua família. Era também sua convicção que um projeto de vida tem sempre um princípio, uma crença. No caso da família Zaffari, era a certeza de querer servir bem a seus clientes e retribuir o apoio que sempre recebeu da comunidade onde esteve inserida”, diz o comunicado do Grupo Zaffari.

Pelo legado criado por ela e pela família, Santina foi a primeira empresária a receber, em 2005, a distinção Mulher Supermercadista, concedida pela Associação Gaúcha de Supermercados. O velório será realizado no Cemitério Ecumênico João XXIII, em Porto Alegre, a partir das 15h deste domingo. A cerimônia de despedida ocorrerá às 20h. (Correio do Povo)