Feriado altera horários de comércio e serviços em Porto Alegre. Operação Viagem Segura intensificará fiscalização nas estradas gaúchas

Feriado altera horários de comércio e serviços em Porto Alegre. Operação Viagem Segura intensificará fiscalização nas estradas gaúchas

Cidade Destaque Porto Alegre
Operação Viagem Segura intensificará fiscalização nas estradas gaúchas. Foto: Guilherme Testa/CP
Operação Viagem Segura intensificará fiscalização nas estradas gaúchas. Foto: Guilherme Testa/CP

Alguns serviços deverão parar e outros terão horários diferenciados na terça-feira em Porto Alegre, em função do feriado de 20 de Setembro. Segundo a Secretaria Municipal de Saúde (SMS), funcionarão apenas as Unidades de Pronto Atendimento Lomba do Pinheiro, IAPI, Bom Jesus e Cruzeiro do Sul. Os serviços hospitalares de emergência vão ocorrer no Hospital de Pronto-Socorro (HPS) e Hospital Materno Infantil Presidente Vargas. A SMS informa que os postos de saúde, fechados na terça, funcionam normalmente na segunda-feira. O Samu segue à disposição pelo 192. No setor jurídico, o Tribunal de Justiça atenderá em regime de plantão. A Defensoria Pública atenderá normalmente.

No comércio, algumas lojas funcionam. Segundo o Sindilojas, estabelecimentos que possuem a certidão podem trabalhar com funcionários. Os shoppings centers, como de costume, funcionam em horário diferenciado. Os supermercados, por sua vez, têm sua abertura ou fechamento determinados pela Convenção Coletiva de Trabalho de cada município. Na Capital, conforme a Associação Gaúcha de Supermercados (Agas), os estabelecimentos deverão abrir normalmente. Já o Mercado Público fecha no feriado. Os mercados da Ceasa funcionam das 13h às 19h.

De acordo com a administração da Rodoviária de Porto Alegre, a procura vinha sendo baixa e, por isso, não foi definida a quantidade de horários extras. Conforme o SindBancários, as agências bancárias seguirão com os serviços de caixas eletrônicos e Internet em atividade. Casas lotéricas também não abrem dia 20.

Fiscalização nas entradas deverá ser ampliada

Com a proximidade do feriado de 20 de Setembro, muitos gaúchos já pensam em aproveitar o “feriadão” e descansar em outras cidades. Com o movimento maior nas rodovias, será realizada a Operação Viagem Segura, que além de recomendações aos motoristas, também prevê a ampliação da fiscalização.

Segundo a Triunfo Concepa, a estimativa é de que 60 mil veículos passem na praça de pedágio de Santo Antônio da Patrulha em direção ao Litoral, sendo 30 mil hoje e 30 mil no sábado. Em Eldorado do Sul, são esperados 30 mil veículos, 15 mil nesta sexta e 15 mil no sábado.

Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), a BR-116 e a BR-290 também devem ter mais de 30 mil veículos em viagens. Já BR 116, que direciona à Serra, deverá chegar a mais de 40 mil, assim como a BR 386, que leva para a região Noroeste e Centro. A 63ª edição da Operação Viagem Segura, segundo o Detran, começa nesta sexta-feira e se estenderá até o fim do feriado. A ação tem por objetivo prevenir os acidentes nas estradas. A PRF salienta que o intenso movimento de veículos e a possibilidade de chuva são fatores a serem cuidados pelos condutores e a fiscalização será intensificada em horários com maior movimentação. O radar de velocidade também será utilizado nos locais onde ocorrem mais sinistros.

Em caso de acidentes, a PRF deve ser informada através do telefone 191. Ocorrências com danos materiais podem ser registradas no www.prf.gov.br. (Correio do Povo)

Telefonia mantém liderança em ranking de queixas do Procon na Capital. Cresceram, também, queixas contra NET e TV por satélite

Telefonia mantém liderança em ranking de queixas do Procon na Capital. Cresceram, também, queixas contra NET e TV por satélite

Notícias Poder Política Porto Alegre prefeitura

A área de telefonia recebeu, em abril, 27,03% do total de 2.554 reclamações registradas no Procon Porto Alegre no período. Em comparação ao mês de março, houve um aumento das queixas contra as telefônicas, da ordem de 4,62%. Também ocorreu em abril um incremento nas reclamações contra as empresas de TV por assinatura, NET e Sky, que em março computaram 5,13% e, em abril, totalizaram 5,59% das queixas.

A campeã de reclamações entre as telefônicas foi a Claro, responsável por 7,28% do total do mês. Em segundo lugar está a Oi, registrando 6,73% das queixas. Em terceiro lugar está a Vivo, com 5,12%, seguida pela GVT com 3,99% das reclamações. Em quinta colocação aparece a TIM, com 3,91%. À empresa NET Sul coube 3,91% do total de reclamações do mês, e à Sky, 1,68%. (Rádio Guaíba)

Feira do Livro: Pessoas aproveitam e buscam por informações de processos no estande do TRF4. Semana de audiências e conciliação virtual direto da Praça da Alfândega

Feira do Livro: Pessoas aproveitam e buscam por informações de processos no estande do TRF4. Semana de audiências e conciliação virtual direto da Praça da Alfândega

Comunicação Direito Direito do Consumidor Feira do Livro Notícias
“Não venho à feira sem passar aqui no TRF4, é o segundo ano que busco saber do processo do meu marido. Aliás, foi o pessoal daqui que me informou que ele também poderia pedir outros direitos”. Neste feriado (2/11) de grande movimento na 61ª Feira do Livro de Porto Alegre,  para a dona de casa Tânia Maria Nogueira da Silva e para muitos visitantes, o estande do Tribunal njklvcunnamedRegional Federal da 4ª Região (TRF4) virou parada obrigatória quando o assunto é informação e serviço sobre direitos e ações que envolvem as partes e a União e suas autarquias, como a Caixa Econômica Federal e o INSS, por exemplo. Iolanda dos Santos Pedroso de Castro também aproveitou o feriado para consultar os servidores que atendem no estande do TRF4 e buscar informações online sobre seu processo eletrônico. Ela ingressou com uma ação contra o INSS pedindo revisão de benefício e aguarda uma resposta do Poder Judiciário. “É bom a gente ter a facilidade de saber como andam as coisas, assim, na praça. Acho ótimo, facilita para quem nem sabe muitas vezes onde procurar informações”, comenta Iolanda.Além do atendimento ao público sobre consulta processual e informações, a programação  do estande do TRF4 nesta semana conta com mais prestação de serviço. Na próxima quarta-feira, dia 4 de novembro, é dia de audiência de conciliação direto da Praça da Alfândega. A partir das 14h, correntistas e representantes da Caixa Econômica Federal negociam em busca um acordo para pôr fim a processos de dano moral. No mesmo dia, das 14h30 às 16h, quem estiver interessado pode vir conversar com a juíza federal Paula Weber Rosito, da 8ª Vara Federal de Porto Alegre. A magistrada atende ao público sobre ações envolvendo FGTS.

Já na quinta-feira, dia 5 de novembro, uma nova forma de conciliar, eletrônica, simples e ágil, vai ser demonstrada na Feira do Livro. A juíza federal Ingrid Schroder Sliwka reúne representantes de conselhos profissionais e da Caixa para mostrar como funciona o Fórum de Conciliação Virtual, um ambiente que possibilita a negociação dos processos entre as partes, com o auxílio de um conciliador virtual. As propostas são analisadas e o acordo é fechado por quem quer e precisa negociar. Ao final, o juiz homologa a decisão conjunta para terminar a ação.

Também na quinta e na próxima sexta-feira, das 13h às 18h, os advogados da Assistência Judiciária Voluntária (AJV) da Justiça Federal do Rio Grande do Sul atendem aos interessados sobre seus direitos e, se necessário, ingressam com ações eletrônicas diretamente do estande.