Presente de Dia da Criança: Sidão visita o GRAACC e se emociona

Presente de Dia da Criança: Sidão visita o GRAACC e se emociona

Crianças Destaque Esporte Saúde

Aproveitando a semana do Dia da Criança e o desejo de levar esperança para pacientes que fazem tratamento contra o câncer, o goleiro do São Paulo, Sidão, visitou a sede do GRAACC, na capital paulista, nesta terça-feira (09). Além de conhecer o espaço, também alegrou o ambiente das crianças que estavam presentes. O goleiro ficou muito feliz e emocionado com a visita. “Agradeço a Poker por essa oportunidade, é um privilégio estar aqui. A gente fica focado no trabalho e não tem noção do quanto a gente representa para essas crianças. Os problemas ficam mínimos quando você sai daqui. Abracei as crianças como abraço meu filho”, declarou.

O GRAACC é uma instituição social sem fins lucrativos que nasceu em 1991 para garantir a crianças e adolescentes com câncer todas as chances de cura. Para isso, desde 1998, possui um hospital que, em parceria técnica-científica com a Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP), é referência no tratamento da doença, principalmente os casos de maior complexidade e alcançando altos índices de cura. Por ano, mais de 3.500 pacientes são atendidos. Além de diagnosticar e tratar o câncer infantil, o GRAACC atua no desenvolvimento do ensino e pesquisa. Fundamentado na parceria universidade, empresa e comunidade, o GRAACC conta com a colaboração de milhares de empresas e pessoas para existir. O Hospital do GRAACC está preparado para receber crianças e adolescentes, de 0 a 18 anos, provenientes de todas as regiões do Brasil.

O encontro é uma iniciativa da Poker, marca de luvas mais utilizada pelos goleiros profissionais do Brasil, representada por 60% dos titulares em campo. Entre eles, Sidão (São Paulo), Weverton e Jailson (Palmeiras), Vanderlei (Santos), Marcelo Lomba e Danilo Fernandes (Internacional), e Paulo Victor (Grêmio).

A patrocinadora acredita que momentos especiais como este ajudam no tratamento da doença. Segundo o Instituto Nacional do Câncer (INCA), cerca de 2% de todos os tipos de cânceres no mundo ocorrem na faixa etária pediátrica e mais de 12 mil crianças e adolescentes serão diagnosticados de câncer no Brasil ainda em 2018.

Dilma chega ainda hoje a Porto Alegre. É a segunda viagem da Presidenta a Porto Alegre desde que foi afastada do cargo por decisão do Senado, no último dia 12

Dilma chega ainda hoje a Porto Alegre. É a segunda viagem da Presidenta a Porto Alegre desde que foi afastada do cargo por decisão do Senado, no último dia 12

Cidade Negócios Notícias Poder Política Porto Alegre

A presidente afastada Dilma Rousseff deve chegar ainda nesta quinta-feira a Porto Alegre para passar o feriadão de Corpus Christi com a família. A previsão inicial de chegada é para as 17h. Dilma deve ficar até domingo na Capital.

É a segunda viagem dela a Porto Alegre desde que foi afastada do cargo por decisão do Senado, no último dia 12. No dia seguinte (13), Dilma chegou à Capital no fim da noite, e ficou até segunda-feira (16).

Na oportunidade, Dilma foi vista pedalando na orla do Guaíba, acompanhada de seguranças. A filha e os netos dela residem na zona Sul de Porto Alegre, região onde a presidente afastada também mantém um apartamento. O ex-marido de Dilma, Carlos Araújo, também mora na região. (Rádio Guaíba)

Antes de viagens para condenar “golpe”, Dilma visita família em Porto Alegre nesta sexta

Antes de viagens para condenar “golpe”, Dilma visita família em Porto Alegre nesta sexta

Agenda Cidade dilma Notícias Poder Política Porto Alegre Segurança

A presidenta afastada Dilma Rousseff deve viajar nesta sexta-feira (13) a Porto Alegre, cidade onde moram sua filha e netos. Por volta de 12h30, após fazer dois discursos em que disse estar sendo injustiçada e vítima de um “golpe”, ela se despediu dos manifestantes que foram ao Palácio do Planalto e se dirigiu ao Palácio da Alvorada, residência oficial e onde continuará morando até que o Senado julgue se ela cometeu crime de responsabilidade ou não.

Nas próximas semanas, a presidenta afastada pretende viajar pelo Brasil e exterior para continuar denunciando o processo de impeachment que a afastou hoje (12) por até 180 dias

Após ser notificada pelo presidente do Supremo Tribunal Federal, Ricardo Lewandowski, ela terá prazo de 20 dias corridos para apresentar sua defesa. Nesta tarde, o presidente interino, Michel Temer, deu posse aos novos ministros do governo e fez um pronunciamento em que declarou “respeito institucional” a Dilma. (Agência Brasil)

Renan recebe Temer em reunião na véspera da votação do impeachment. Assessoria do vice-presidente não deu informações sobre o motivo do encontro

Renan recebe Temer em reunião na véspera da votação do impeachment. Assessoria do vice-presidente não deu informações sobre o motivo do encontro

Notícias Poder Política

Na véspera da votação do parecer favorável à continuidade do processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff, o vice-presidente da República, Michel Temer, reúne-se com o presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL). Por volta das 15h, Temer deixou o Palácio do Jaburu, residência oficial da Vice-Presidência, com destino à casa do presidente do Senado. A assessoria do vice não deu informações sobre o motivo do encontro. O senador Romero Jucá (PMDB-RR) e o ex-ministro da Integração Nacional Geddel Vieira Lima também estão no local.

Nesta tarde, Renan Calheiros deve anunciar como vai ser o rito da sessão para análise da admissibilidade do processo de impeachment. O início da sessão está previsto para as 9h desta quarta-feira. O quórum mínimo para votação é de 41 dos 81 senadores (maioria absoluta). Para que o parecer seja aprovado, é necessário voto da maioria simples dos senadores presentes – metade mais um. O presidente do Senado só vota em caso de empate.

Se for aprovado o parecer, o processo é oficialmente instaurado, e a presidenta Dilma Rousseff é afastada por 180 dias. Com isso, Temer assume a Presidência. Se o relatório for rejeitado, o processo é arquivado, e Dilma segue à frente do Executivo.

Saiba mais:

Até o momento, Renan Calheiros já adiantou parte do rito da sessão.

Abertura e duração

Cada senador vai ter 10 minutos para discutir e mais cinco minutos para encaminhar o voto. “O ideal é que cheguemos a um meio termo, tudo acertado com os líderes dos dois lados”, destacou Renan. A expectativa é que pelo menos 60 senadores falem, o que soma 10 horas de sessão.

Senadores inscritos

As inscrições para a sessão desta quarta-feira serão abertas a partir das 15h desta terça-feira, em dois livros – um para os parlamentares a favor da admissibilidade do processo e outro para os que são contra.

Horário e intervalos

A sessão vai se iniciar às 9h, com uma interrupção às 12h, retorno das 13h às 18h, mais uma pausa, com retomada às 19h. A votação deve ser realizada via painel eletrônico. É possível votar sim, não ou abstenção.
Fonte:Agência Brasil

Dos 6 aos 22 anos: jovem supera dificuldades sociais e realiza sonho de ser advogado

Dos 6 aos 22 anos: jovem supera dificuldades sociais e realiza sonho de ser advogado

Cidade Comportamento Direito Economia Educação Negócios Notícias Poder Política
“A história de Juliano serve de exemplo para todos nós. As lutas quando bem empregadas e que levam para um resultado positivo devem ser valorizadas. Esse exemplo mostra que os limites que existem na vida às vezes servem de força para que possamos superá-los”, declarou o presidente da Ordem gaúcha, Ricardo Breier, durante a visita do estudante de Direito Juliano da Silva Dias, 22 anos, nesta terça-feira (26), na sede da seccional.

Dias sonha com a profissão desde criança, quando, aos seis anos, já dizia para a mãe: “quero ser advogado”. Agora, prestes a conseguir o diploma do curso de Direito na Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUC/RS), onde conseguiu uma bolsa de estudos, Dias é aprovado no Exame da Ordem da OAB/RS.

Sonho: “Crescendo profissionalmente, quero ajudar aqueles que precisam”

30_21117_571fd7df8e9b8Dias é o filho mais novo da única mulher engraxate da Praça da Alfândega, em Porto Alegre, Vera Pereira da Silva, 54 anos. “Ele sempre teve paixão pelos estudos, por ter uma profissão. Foi a força de vontade que o levou a conquistar o seu sonho”, disse. “Todo mundo dá parabéns por ele ter passado no Exame de Ordem. Só tenho a me orgulhar disso”, reiterou Vera. “Ele tem força de vontade”, destacou.

“Sempre tive essa vontade de ser advogado. Quando passei a estudar Direito, me apaixonei”, afirmou ele. “Acredito que fazendo meu trabalho de forma correta, fazendo o meu melhor e sendo um bom profissional são uma forma de contribuição para a sociedade. Se cada um fizer um pouco, doar um pouco de si, a tendência é a evolução da nossa sociedade. Então, tenho como meta ser um bom advogado, abrir um escritório e ser professor. Crescendo profissionalmente, quero ajudar aqueles que precisam”, antecipou.

“Ele tem sorte de receber a dedicação, o trabalho e princípios da mãe. Vivemos numa sociedade que é uma selva de pedra e que, muitas vezes, não reconhece esses valores. O seu filho tem um grande mérito”, afirmou Breier para a mãe Vera.

Dificuldades

Vera e Dias garantiram uma poupança de oito mil reais para os custos da formatura, que ocorre no dia 6 de agosto. No entanto, com o falecimento do marido dela, padrasto de Dias, em fevereiro, o dinheiro teve que ser usado para o funeral. A mãe, então, lançou um pedido de ajuda no site https://www.vakinha.com.br/vaquinha/formatura-do-filho-de-uma-engraxare para as pessoas contribuírem para a formatura do filho. “Meu pai, já falecido, foi o primeiro engraxate na Praça da Alfândega, onde trabalhou por 54 anos. Assumi a cadeira dele há dez anos. E, se ele estivesse vivo, iria querer assistir a formatura do neto, com um orgulho imenso dele”, falou.

Breier entregou para Dias o “Novo Código de Processo Civil Anotado”, livro de 840 páginas com as anotações de 70 autores. “Vamos te dar uma bolsa de estudos nos cursos sobre o novo CPC na Escola Superior de Advocacia (ESA)”, garantiu.

O estudante frisou: “Sempre tive vontade de conversar com o senhor”, e ainda revelou: “Cada passo que a gente dá é uma conquista. Quero continuar batalhando, continuar estudando, crescendo, evoluindo e contribuindo tanto para minha pessoa quanto para a sociedade. Tenho muito o que contribuir para minha profissão e para a sociedade como um todo”, disse. (Texto e fotos: Caroline Tatsch/OAB-RS)

Entrevista de Bolsonaro na Rádio Guaíba é marcada por protestos e apoio de público

Entrevista de Bolsonaro na Rádio Guaíba é marcada por protestos e apoio de público

Cidade Comportamento Comunicação Direito Notícias Poder Política Porto Alegre

A entrevista do deputado federal Jair Bolsonaro (PP) ao programa Esfera Pública, da Rádio Guaíba, rendeu protestos e vivas ao político em frente ao Estúdio Cristal. Desde a primeira fala, o parlamentar mostrou estar disposto à polêmica: “as minorias tem de se curvar às maiorias”. Com essa declaração, o progressista (que pensa em deixar a legenda e ingressar no PSC) abriu caminho para reafirmar posicionamentos referentes à contrariedade aos direitos humanos e àquilo que chamou de “doutrinação homossexual” nas escolas.

No decorrer do discurso, Bolsonaro ainda reafirmou que deve ser candidato à Presidência em 2018. A partir disso, garantiu que, se eleito, vai nomear um general do Exército para o Ministério da Educação. Também defendeu que o ideal para o produtor rural defender a propriedade contra o Movimento dos Trabalhadores Sem-Terra (MST) é o direito ao porte de fuzil.

As declarações polêmicas fizeram o deputado ser ovacionado e criticado. Gritos de “mito” e “fascista” foram ouvidos durante boa parte do programa. Os vidros do Estúdio Cristal também foram tomados por cartazes com dizeres contrários e favoráveis ao parlamentar. Da entrevista, Bolsonaro seguiu para a Assembleia Legislativa.

Militar da reserva, o deputado, de 60 anos, está na Capital para participar da troca de comando no Comando Militar do Sul e de uma audiência pública que discute uma “perspectiva de novo País”, organizada por três deputados do PP – Luiz Carlos Heinze, Adolfo Brito e Covatti Filho. (Reportagem e foto: Ananda Müller/Rádio Guaíba)

Dilma viaja para visitar os netos em Porto Alegre

Cidade Crianças Notícias Poder Política Porto Alegre

A presidente Dilma Rousseff embarcou nesta sexta-feira para Porto Alegre, onde passa o fim de semana. Ela vai visitar o genro, a filha, Paula, e os netos Gabriel e Guilherme, que nasceu no início do mês. Antes de viajar para o Rio Grande do Sul, Dilma participou da convenção do PDT, ao qual foi filiada, e recebeu o apoio do partido, que fechou questão contra o processo de impeachment, em curso no Congresso. As bancadas do partido na Câmara e no Senado e a Executiva Nacional já haviam se posicionado contra o impeachment em dezembro. A assessoria da presidente não informou quando ela deve retornar a Brasília. (Agência Brasil)