Temer usará reformas para se fortalecer contra denúncia

Temer usará reformas para se fortalecer contra denúncia

O presidente Michel Temer usará o recesso parlamentar, que começa na terça (18), para tentar tirar a denúncia contra ele da agenda política.Acusado de corrupção passiva, o peemedebista quer jogar para setembro a votação na Câmara— marcada para o dia 2 de agosto. Temer avalia que é urgente se reaproximar de empresários. Para isso, ele defende destravar discussões sobre a reforma tributária, parada desde abril, e rediscutir a da Previdência. A reportagem completa está na Folha de São Paulo.

Destaque