Toffoli revoga decisões que poderiam destinar bilhões da educação básica para advogados, por Carolina Brígido e Vinicius Sassine/O Globo Foto: Nelson Jr./STF

Toffoli revoga decisões que poderiam destinar bilhões da educação básica para advogados, por Carolina Brígido e Vinicius Sassine/O Globo

O presidente do Supremo Tribunal Federal ( STF ), ministro Dias Toffoli , suspendeu nesta sexta-feira decisões judiciais que autorizavam escritórios de advocacia a receberem, a título de honorários, recursos que deveriam ser destinados à educação básica. A Justiça reconheceu que a União deixou de repassar ao Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica (Fundeb) parte dos recursos devidos. A partir dessa decisão, municípios passaram a contratar escritórios de advocacia para liberar o dinheiro. Como honorários, as bancas recebem entre 20% e 30% do valor que deveria ser repassado integralmente às administrações municipais.

Leia mais em O Globo

Comunicação Destaque Notícias