Porto Alegre, terça, 28 de junho de 2022
img

Porto Alegre: Mais de 20 mil pessoas participam de manifestação contra o fim da prisão após segunda instância

Detalhes Notícia

Notice: Trying to get property 'post_excerpt' of non-object in /home/felipevieira/www/site/wp-content/themes/felipevieira/detalhes-noticia.php on line 263

Porto Alegre foi palco de uma mega-manifestação contra o fim da prisão após segunda instância e pelo fim da PEC da Bengala na tarde deste sábado (9). Os  grupos POA hoje, Livre iniciativa para todos, Vem Rua e o Movimento Brasil Livre, reuniram os apoiadores das duas causas no Parcão. As mais de 20 mil pessoas presentes protestaram contra a decisão do STF, que na quinta-feira (7) determinou por 6 votos a 5 o fim da prisão da prisão após condenação em segunda instância. A decisão acabou permitindo a liberdade do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Segundo a jornalista Fernanda Barth, que participou da organização do evento, “A manifestação surpreendeu pelo número de jovens e mesmo chamada com um dia de antecedência, trouxe milhares de pessoas.”

No Parcão75279127_779607215792621_6342476504919703552_o, pode-se ver cartazes contrários à liberdade do petista. Muitos manifestantes levantaram cartazes carregados e outros usaram máscaras em apoio ao ministro da Justiça, Sergio Moro. Para Fernanda Barth, “Ninguém aceita a bandidocracia que querem implantar no Brasil, esta aliança entre políticos corruptos, empresários e parte do judiciário para trazer a esquerda de volta ao poder. Querem tensionar as relações pra criar conflito nas ruas e não terão. O Brasil não é o Chile e eles serão derrotados pela exposição de seus próprios crimes.