Porto Alegre, terça, 28 de junho de 2022
img

Avião que será alvo de parceria Boeing-Embraer na área de defesa vai se chamar C-390 Millennium

Detalhes Notícia

Notice: Trying to get property 'post_excerpt' of non-object in /home/felipevieira/www/site/wp-content/themes/felipevieira/detalhes-noticia.php on line 263

A Embraer e a Boeing anunciaram nesta segunda-feira, durante o Dubai Air Show, que a joint-venture formada para promover e desenvolver novos mercados na área de defesa vai se chamar Boeing Embraer – Defense. O alvo prioritário da parceria é o avião militar KC-390, rebatizado de C-390 Millennium. A Embraer terá 51% na nova empresa e a Boeing, 49%.

A parceria faz parte do negócio fechado no ano passado entre as duas empresas e que também compreender a formação de uma joint-venture na área de aviação comercial, a Boeing Brasil – Commercial. Neste caso, a fabricante americana terá 80% da nova empresa e a Embraer, 20%. As duas parcerias ainda dependem de aprovação de órgãos reguladores.

Leia mais em O Globo