Porto Alegre, sábado, 16 de outubro de 2021
img

Encontro revisa plano de ensino do Projeto Pescar. Evento vai reunir 70 educadores sociais responsáveis pela formação dos adolescentes e jovens

Detalhes Notícia

Notice: Trying to get property 'post_excerpt' of non-object in /home/felipevieira/www/site/wp-content/themes/felipevieira/detalhes-noticia.php on line 263

A Fundação Projeto Pescar realiza, de 21 a 23 de novembro, um encontro nacional com seus educadores sociais para a revisão e o aprimoramento do Plano Político Socioprofissionalizante (PPS), responsável pela definição das diretrizes do processo de aprendizagem e dos conteúdos dos 16 cursos socioprofissionalizantes do Projeto Pescar. O encontro, que acontece na sede da instituição e na Casa Marista da Juventude, ambos em Porto Alegre/RS, vai reunir 70 profissionais, que mobilizarão cerca de 2 mil voluntários em todo o Brasil.

“Este projeto tem previsão de término em agosto de 2020, quando será lançada a Plataforma de Formação Pescar, ampliando o alcance do trabalho de transformação de vidas da entidade”, salienta o Superintendente, Ézio Rezende.

Fundado há 43 anos, o Projeto Pescar é um programa de formação socioprofissionalizante desenvolvido pela Fundação Projeto Pescar, dirigido para adolescentes e jovens de baixa renda, entre 16 e 19 anos. É desenvolvido em 81 unidades espalhadas em 10 estados brasileiros, em parceria com empresas e organizações, que os recebem em seus ambientes de trabalho.

Já formou mais de 31,7 mil e, somente em 2018, foram mais de 70 mil horas de cursos, com 98,53% de frequência nas unidades, para os 1.696 formados. Os resultados exitosos vêm chamando a atenção de outros países e hoje o programa é replicado na Argentina, Paraguai e Angola.