Porto Alegre, quarta, 25 de maio de 2022
img

‘TEMOS QUE COLOCAR A CABEÇA NO LUGAR’, DIZ MORO APÓS SOBREVOAR FORTALEZA EM PÉ DE GUERRA

Detalhes Notícia

Depois do sobrevoo à capital cearense, conflagrada por tropas rebeladas por melhores soldos, ministro da Justiça declarou que forças federais se deslocaram até o Estado ‘para serenar os ânimos, não para acirra-los’

Depois de sobrevoar Fortaleza conflagrada por tropas amotinadas, o ministro Sérgio Moro (Justiça e Segurança Pública) conclamou, na manhã desta segunda de carnaval, 24: “Temos que colocar a cabeça no lugar.”

“Pensar o que é necessário daqui em diante para solucionarmos essa crise específica, para os policiais poderem voltar a realizar o seu trabalho. Esse é o ponto”, disse Moro, que chegou à capital cearense acompanhado do ministro Fernando Azevedo (Defesa) e do chefe da Advocacia-Geral da União, André Mendonça.

Desde a deflagração do movimento paredista, o Ceará conta 147 assassinatos. O motim teve início por falta de acordo dos PMs com o governo do Estado quanto à reestruturação salarial.

LEia mais em O Estado de S.Paulo