Porto Alegre, quarta, 29 de junho de 2022
img

Ministro da Saúde apelou, em tom irônico, 'aos que destilam o ódio' que postem duas informações falsas em vez de dez: 'dá trabalho tirar'

Detalhes Notícia
Nesta semana, presidente teve quatro postagens derrubadas por três redes sociais por conter 'desinformação'. Ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta Foto: Adriano Machado / REUTERS Newsletters

Na semana em que o presidente Jair Bolsonaro teve quatro postagens derrubadas por três redes sociais por conter “desinformação” no contexto do novo coronavírus, o ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, fez um apelo à população para que diminua as “fake news”. Segundo ele, “dá um trabalho enorme para tirar” as mensagens falsas sobre o tema.

— Aos que destilam ódio, fake news, calma um pouco. Deixe as pessoas respirarem um pouco para depois fazer um pouco de fake news. Em vez de postar dez fake news, poste duas. Já ajuda, porque dá um trabalho enorme para tirar as fake news — falou Mandetta, de forma irônica.

As declarações do ministro ocorreram em coletiva de imprensa nesta sexta-feira no Palácio do Planalto. É cada vez mais elevada a tensão entre Bolsonaro e Mandetta, que discordam sobre a abrangência do isolamento que deve ser feito para diminuir o ritmo de transmissão da covid-19.

Leia mais em O Globo