Porto Alegre, domingo, 14 de agosto de 2022
img

Iniciativa gaúcha convoca médicos voluntários para rede de tele-orientação gratuita para pacientes com suspeita de Coronavírus

Detalhes Notícia
A Dra. Alessandra Morelle, uma das criadoras do Tummi, conta que o que moveu a todos foi saber que as pessoas precisam de orientação adequada, mas que a rede de saúde deve ser preservada para a atender os casos mais graves. Foto: Arquivo pessoal
A Dra. Alessandra Morelle, uma das criadoras do Tummi, conta que o que moveu a todos foi saber que as pessoas precisam de orientação adequada, mas que a rede de saúde deve ser preservada para a atender os casos mais graves. Foto: Arquivo pessoal
 

Mais de 30 médicos já aderiram ao projeto desenvolvido pela equipe do App Tummi. O objetivo é ajudar a população brasileira, que vive um momento de muita apreensão por causa do Coronavírus.

As pessoas que estiverem com tosse, febre, falta de ar e outros desconfortos vão poder registrar como estão se sentido e responder a um questionário elaborado por pneumologistas. Se o aplicativo classificar como provável diagnóstico de COVID 19, o paciente será encaminhado para uma tele-orientação com um dos especialistas da rede formada pelo App. O atendimento da equipe coordenada pelo Dr. Carlos Eurico Pereira é gratuito.

A Dra. Alessandra Morelle, uma das criadoras do Tummi, conta que o que moveu a todos foi saber que as pessoas precisam de orientação adequada, mas que a rede de saúde deve ser preservada para a atender os casos mais graves. “Fazer essa conexão com os especialistas, que possam passar informações confiáveis, pode fazer uma grande diferença neste momento de muita ansiedade e medo”, diz a médica. “Muitos médicos não podem participar do front desta guerra por terem idade ou doenças de base que os colocam em grupos de risco. Outros já estão isolados com sintomas do Coronavírus. Esta é uma forma nobre e humanitária de auxiliar no combate à pandemia sem se expor a riscos desnecessários”, completa. Os profissionais interessados podem clicar aqui para se cadastrar no site. A equipe esperar que o App esteja liberado para baixar em duas semanas.

Sobre o Tummi para pacientes oncológicos, que foi a primeira iniciativa do grupo: o paciente registra como está se sentindo no dia-a-dia e App indica se há necessidade de procurar atendimento de urgência, agendar consulta com o oncologista ou se não há motivo para preocupação.