Porto Alegre, terça, 09 de agosto de 2022
img

Governo atua para 'matar' centro-direita e manter PT 'vivo', diz Maia

Detalhes Notícia
Rodrigo Maia Foto: Câmara dos Deputados

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), acusou o governo nesta quinta-feira de distorcer dados sobre a proposta que trata do auxílio a estados e municípios para constranger adversários políticos. Maia também disse que o Legislativo “não será instrumento” para a disputa política do Palácio do Planalto com governadores. Segundo ele, o governo federal quer “matar” políticos de “centro-direita” e, para isso, usa argumentos falsos sobre a iniciativa.

O presidente da Câmara avalia o impacto da medida em R$ 50 bilhões, e não em R$ 180 bilhões, como divulgado pelo Ministério da Economia. A proposta é uma adaptação do chamado Plano Mansueto. O projeto chegou a ser colocado em pauta para votação na quarta-feira, mas houve adiamento. A expectativa é que só seja retomada na próxima semana.

Leia mais em O Globo