Porto Alegre, terça, 30 de novembro de 2021
img

Mural presta homenagem aos profissionais de saúde no Hospital Moinhos de Vento

Detalhes Notícia
Obra em grafite marca o Dia do Trabalho e celebra aqueles que estão na linha de frente contra a covid-19: Crédito: Shirlei Manteufel

Em cada borrifo do spray, um agradecimento. Em cada cor, a gratidão pela dedicação a serviço da vida. A manhã desta sexta-feira, Dia do Trabalho, foi marcada por uma homenagem especial do Hospital Moinhos de Vento aos seus profissionais de saúde, especialmente aqueles que estão na linha de frente do combate à covid-19.

Na entrada principal dos colaboradores da instituição, na Rua Dr. Vale, foi feito um mural em grafite com a imagem de uma profissional de saúde e a frase: “Juntos, redefinimos o amanhã. Muito obrigado aos nossos profissionais”. A obra foi feita por Jackson Brum, renomado nome dessa arte, com trabalhos espalhados por todo o Rio Grande do Sul. “É muito importante agradecermos e sempre lembrarmos essas pessoas, sobretudo nesse momento em que estamos vivendo”, afirma Brum.

Os primeiros traços e borrifos começaram a ser feitos quando o sol ainda ensaiava surgir no horizonte, trazendo uma surpresa para a equipe que chegava ao Moinhos para mais um dia de sua jornada. “Assim que cheguei, fui surpreendido por esse mural. A beleza dessa obra nos traz um abraço nesse dia e num momento tão importante para todos nós”, descreve o urologista Gustavo Schroeder.

“Trabalhar num hospital em um momento de pandemia é bem difícil, mas ao mesmo tempo é gratificante. Toda ação que você desenvolve faz a diferença na vida do ser humano”, afirma Shirlei Raquel Manteufel, analista de marketing do Hospital Moinhos, ao comentar sobre a homenagem. O mural, que tem seis metros de comprimento e dois metros de largura, levou cerca de quatro horas para ser concluído.

“Com essa obra, prestamos uma merecida homenagem, não só aos colaboradores do Hospital Moinhos, mas a todos os profissionais de saúde. Nesse momento tão desafiador para todos, eles são os protagonistas da luta pela vida. Sua dedicação e trabalho devem ser lembrados e celebrados por todos nós”, afirma Diocélia Jungbluth, gerente de Relações com o Mercado do Hospital Moinhos de Vento. Atualmente, a instituição tem cerca de 7.500 pessoas em sua equipe, sendo mais de 3.300 médicos e cerca de 3.000 na área assistencial.