Porto Alegre, segunda, 24 de janeiro de 2022
img

Após reaparição de Kim Jong Un, Coreias do Norte e do Sul trocam tiros na fronteira; RFI

Detalhes Notícia
A chamada Zona Desmilitarizada, entre as fronteiras, é um dos locais mais fortificadas do mundo AFP/File

A Coreia Sul afirma neste domingo (3) que a vizinha do Norte lançou vários tiros em sua direção, e Seul respondeu com mais disparos. Essa retomada de hostilidades, depois de um longo período de calma, acontece pouco mais de 24 horas após o líder norte-coreano, Kim Jong Un, reaparecer em público, encerrando três semanas de rumores sobre sobre a sua saúde e até morte.

Nesta manhã, um posto de segurança sul-coreano na fronteira entre os dois países foi atingido por vários tiros vindos do Norte, informou um comunicado do Estado Maior das Forças Armadas de Seul. “Nossos militares responderam com duas séries de disparos e uma mensagem de advertência, de acordo com o nosso procedimento”, declararam os sul-coreanos. O texto destaca que os tiros do Norte “não foram considerados intencionais”, conforme a agência de imprensa sul-coreana Yonhap. Não houve feridos.

Os dois países ainda estão tecnicamente em guerra desde o armistício que colocou fim à Guerra da Coreia, em 1953. Ao contrário do que indica o nome, a chamada Zona Desmilitarizada, entre as fronteiras, é um dos locais mais fortificadas do mundo, inclusive com campos minados, o que torna a sua travessia extremamente perigosa.

LEia mais em RFI