Porto Alegre, sexta, 19 de agosto de 2022
img

Trump retira parte das tropas americanas da Alemanha; Deutsche Welle

Detalhes Notícia
Presidente dos EUA ordenou a retirada de quase 10 mil militares do território alemão, segundo "Wall Street Journal". Medida seria motivada por recusa de Berlim de elevar seus gastos de defesa.. @picture-alliance/DPA/N. Armer

 

 

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, ordenou nesta sexta-feira que o Pentágono reduza o número de soldados americanos na Alemanha. Cerca de 9.500 militares seriam enviados de volta à casa ou para a Polônia ou outros países aliados, informou uma autoridade americana ao Wall Street Journal.

Em dezembro, o então embaixador dos EUA na Alemanha, Richard Grenell, ameaçara tal medida, caso Berlim não aumentasse seus gastos de defesa. O país mantém atualmente 34.500 soldados em solo alemão, além de 17 mil funcionários públicos que os assistem in loco.

O alto funcionário, que não quis ser identificado, afirmou que a medida nada tem a ver com as tensões crescentes entre Trump e a chanceler federal alemã, Angela Merkel, a qual rejeitou os planos do bilionário de realizar uma cúpula do Grupo dos Sete (G7) no fim de junho. Em vez disso, a decisão seria o resultado de meses de trabalho de um líder militar, o general Mark Milley.

Um outro alto funcionário da administração declarou que não haveria necessidade de presença americana nos EUA, já que a Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan) elevou o total de suas despesas militares. Ainda segundo essa fonte, Washington começou a trabalhar nesse plano já em setembro de 2019, e a ordem foi assinada pelo consultor de Segurança Nacional de Trump, Robert O’Brien.

Leia mais em Deutsche Welle